Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 11/08/2015 in all areas

  1. 2 points
    Então, a vet passou por aqui pesamos ela, realmente 800g, fizemos hidratação injetada direto na pele, ela fez a colheita de fezes para os exames e receitou um tal de ''Fator Pro Aves ornamentais'' de uma farmácia de manipulação chamada Arenales, especializada em homeopatia animal, segue o site da farmácia, alguém já ouviu falar? parece ser bom né? --editado-- Hoje eu baixei o canto das araras do youtube e deixei o dia inteiro tocando do lado da caixa dela, e agora de noite quando eu fui alimenta-la ela comeu bastante, quase 100ml, bom espero q as coisas continuem se ajeitante.
  2. 2 points
    Boa noite Salete e Stephanie, a Bê melhorou! Liguei para o vet que atende meus cachorros, ele não costuma cuidar de aves nem animais silvestres, estava viajando, mas ligou para um colega que costuma cuidar de aves e me disse que pelos sintomas era melhor eu começar a tratar com sulfa, pois poderia ser coccidiose, e ir vendo como ela reagia, os sintomas desapareceram, as vezes normalizaram, verdinhas escuras, firmes e sem sementes, hoje ficou pedindo comida do meu prato na hora do almoço, não está mais embolada, nem chega perto da lâmpada que deixo o tempo todo ligada no meu quarto para ver se ela se interessa em ficar embaixo. Ontem chegou o kit de coleta para exame do São Camilo, coletarei as fezes e enviarei para os exames, porém segunda o dr. Rogério chega e me disse para levá-la lá para ele ver as vezes no microscópio, se encontra alguma coisa e vai pesquisando, mais a titulo de me ajudar mesmo, porque não é e especialidade dele, porém antes um profissional do que esses criadores. Fui em uma loja que vende esses produtos, porém essas pessoas que criam para vender não entendem absolutamente NADA e tentam ficar enfiando remédio na gente, sorte que tenho costume de ler bula e sou muito desconfiada. Espero que não dê nada de grave nos exames dela, porém os sintomas melhoraram, estou mais tranquila, ela é solta, então acaba tendo contato com pardais etc, essa semana ela ficou só dentro de casa, e terei que mudar esse hábito daqui para a frente.
  3. 1 point
    Comprei uma parceira para o meu Macho e gostaria de saber qual é a mutação correta dela, e se ela porta mais alguma coisa, vendedor disse que ela tem cerca de um ano, se puder me confirmar isso tb agradeco E o meu macho é um silvestre port. arlequim, se caso acasalarem como sairiam os filhotes ?
  4. 1 point
    @Cristianne rodrigues, os meus bebês tbm ficam sem os pais por um bom tempo, e sempre que vou vê-los, estão entrelaçados pra se aquecer e trêmulos! Depois de um tempo os pais voltam e ficam por cima deles, depois saem de novo e assim segue... Também gostaria de saber se eh normal isso e se não prejudica os pequenos! Fico preocupada! Durante a noite, a fêmea sempre dorme sobre eles, mas de dia da uns passeios com o macho!
  5. 1 point
    Olá, Cristiane! Ufa, tomara que seja normal mesmo! Como eu disse, o macho está normal... Acho que vou ficar nessa angústia até passar essa fase, tem hora que ela coloca só água e muita água mesmo, muito estranho. =S
  6. 1 point
    Pelo oque eu entendi o seu macho é o Silvestre, mais se a "fêmea" que você comprou for esse da primeira foto, por sinal muuuito lindo, tambem é outro macho, pois as fêmeas cara brancas possuem um rosto cinza, e somente os macho depois de 7 meses mais ou menos começam a clarear a face, tornando assim branca.... creio que ele ja tenha um ano pois seu rosto está totalmente branco, então com certeza são dois machos ;DD
  7. 1 point
    Atualizando... Então, depois de levar ao veterinário foi constatado uma laceração da terceira pálpebra do olho esquerdo dela, e depois de tratar com 2 colírios, pomada, e mais antibiótico, ela teve uma ótima recuperação e o olho está voltando ao normal
  8. 1 point
    É Célia quando a gente resolve criar essas fofuras vivemos num terno , aprendizado , é igual criar filho é padecer no paraíso pois vivemos preocupados com tudo, com medo de não conseguir dar atenção de falhar no momento que eles precisam da gente, com nossos bichinhos é a mesma coisa , então amiga não fique se torturando vc fez o estava a seu alcance que achava certo.. Nos não somos médicos não tinha como vc saber se ele estava com anemia como o Dr Shimoaka te falou .. Tive um caso que aconteceu comigo a quase 2 anos atras quando eu perdi a minha primeira calopsita se chamava Dimy era um cinza silvestre com 8 meses de idade eu estava no pc na sala numa tarde e por descuido e falta de experiencia com calopsita tinha deixado uma fresta na janela da sala aberta , ele estava no meu ombro como de costume ele adorava ficar cantando o ino nacional e beliscando minha orelha quando passou um carro com buzinando alto ele se assustou e em questão de segundos ele voou e consegui passar pela fresta e foi para a rua de trás da minha casa , só vi ele indo embora sem poder fazer nada , no mesmo momento sai correndo e fui atras dele falei com todos os moradores do bairro poi meu marido mora no bairro de que nasceu a mais de 40 anos conhece todo mundo . coloquei cartazes ofereci recompensa mais nunca o encontrei me culpo ate hoje por ter deixado ele fugir , mas minha família me confortou pois eles falam que eu fiz tudo o que estava a meu alcance para encontrar mas enfelismente não era para ele ficar comigo , eu sempre peço a Deus que quem o tenha encontrado que cuide lele, e de carinho e cude dele como eu cuidava ,.. Mas aprendi a lição por meio da dor, hoje só solto os meus com a casa totalmente trancada ..
  9. 1 point
    Boa noite Tania Mara Parabéns estão lindos seus bebês. Pelo que percebi você tem tres arlequins, (os de topetinho amarelo). E três pérolas.
  10. 1 point
    Juliana como esta sua calopsita ? Fique fora estas dia pois estava com muito trabalho , não deu para ver seu tópico , não espere o resultado dos exames pois pode ser tarde demais jã li vários casos de aves que os donos ignoraram certos sintomas nas aves e acabaram vindo a óbito Se vc mora em são paulo da para passar na clinica do DR LUIZ ALBERTO SHIMOAKA ele atende no sábado ate as 17 horas , pois aves nestas situação não da para esperar sair exames corra com ela para um veterinário com urgência ,..
  11. 1 point
    Diante da varias dúvidas, não só expostas em tópicos como em mensagens pessoais, e atendendo aos pedidos da comunidade resolvi criar um tópico fixo para esclarecer, ou pelo menos tentar reduzir, as constantes dúvidas que nos deparamos quanto aos diferentes tipos de nomenclaturas da mutação Arlequim, vamos dar um giro em informações que vão desde as pigmentações que dão origem as cores das Calopsitas – importantíssimo para entender melhor o mundo dos Arlequins – até exemplos de possíveis padrões. Arlequim: É a mutação gênica mais antiga dentre as demais, surgida na Califórnia-EUA em meados do ano de 1949 e fixada pouco tempo depois. Machos e fêmeas são, na sua grande maioria, semelhantes o que dificulta a sexagem através do fenótipo. Trata-se de uma mutação – parcialmente³*- recessiva que causa alteração ou disrupção da coloração normal (Melanina¹* e Lipocromo²*) em áreas randômico-aleatórias. Esse padrão é muito diversificado e se apresenta em diferentes formas nas aves, podem ser bastante semelhantes ao normal (Cinza Silvestre) até aquelas com poucas áreas de cor escuras, predominando assim o amarelo claro; ou com apenas algumas poucas penas de coloração escura que se passadas despercebidas, facilmente será confundido com um Lutino. Nota-se que a cabeça exibe um amarelo forte característico, bochechas bem vermelhas e crista amarela bem alongada. De certa forma existe sim um “padrão ideal” na busca pelo Arlequim perfeito. A ave deve apresentar somente 1/4 da pigmentação, das penas de seu corpo, com presença da cor escura (Melanina) e o restante do corpo de cor amarelo claro, Lipocromo. Um Arlequim puro tem, idealmente, tanto a face limpa, sem a presença manchas escuras, bem como sua cauda. Deve-se procurar por aves que tenham simetria bilateral das manchas. Tais informações devem ser sempre levadas em consideração, como requisito, para seleção de aves. Existem, hoje, quatro subclassificações reconhecidas de Arlequim: Arlequim Claro (ou Light, com 75% ou mais de Melanina), Escuro (ou Heavy, com apenas 25% de Melanina), Reverso (ou Reverse, com manchas apenas nas penas de vôo, tendo o restante do corpo sem Melanina) e Limpo (ou Clear, um pássaro totalmente amarelo ou branco; é também conhecido como Lutino de olhos pretos). ¹*: Melanina – Varia em duas cores distintas; Eumelanina Negra (Cinza) e Eumelanina Marrom (Canela). É a substancia que determina – pigmenta – a cor escura (cinza ou marrom) nas Calopsita. Também está presente em olhos, bicos e até pés. Algumas Calopsitas possuem bicos e pés mais escuros do que outros. Os Arlequins podem vir a apresentar o bico branco, contudo é normal o surgimento de pequenas manchas ou listras escuras. ²*: Lipocromo – Conhecida na família dos psitacídeos como Pscitacina é a substancia que determina as cores das Calopsitas que variam desde o amarelo (face?) ao laranja(bochechas?). ³*: Parcialmente Recessivo: Aves Cinza Silvestres mesmo sendo um padrão dominante, quando portadoras de Arlequim, pedem ser facilmente reconhecidas por apresentarem manchas brancas/ amarelas na nuca e pescoço. Trata-se de uma singularidade que ocorre somente nessa mutação, essa particularidade mostra que a dominância do alelo Silvestre é parcial com relação ao alelo Arlequim. Diante do exposto seguem logo mais abaixo alguns exemplos de Arlequins; Quero deixar claro que qualquer semelhança dos indivíduos aqui postados com suas aves não passa de mera coincidência. Claro â€" Light Foto: 1 Light Arlequim Canela Foto: 2 Light Arlequim Pérola Cinza Na imagem acima não dá para perceber, pois não mostra o dorso da ave, mas, se trata de um Pérola, mesmo que com pouquíssimo perolado por ser um macho. Foto: 3 Light Arlequim Cinza Reparem que nesse caso, o Arlequim é tão tênue que somente é percebido quando a ave alça vôo. Foto: 4 Light Arlequim Cinza Heavy â€" Escuro Foto: 1 Heavy Arlequim Canela Foto: 2 Heavy Arlequim Canela Bochecha Amarela FS Foto: 3 Heavy Arlequim Canela Bochecha Amarela FS Foto: 4 Heavy Arlequim Canela Bochecha Amarela FS Reverse â€" Reverso Foto: 1 Reverse Arlequim Cinza Foto: 2 Reverse Arlequim Cinza Foto: 3 Reverse Arlequim Canela Cara-Branca Eu particularmente acho que aqui se trate de um Heavy e não um Reverse... Foto: 4 Reverse Arlequim Cinza CB Clear â€" Claro Foto: 1 Clear Arlequim Hmm... Parece um Lutino... Foto: 2 Clear Arlequim Cara-Branca Reparem na cor do olho, é escuro, preto como o de um Arlequim e não vermelho como o de um Lutino. Foto: 3 Clear Arlequim Cinza Cara-Branca Reparem na asa direita, e nos olhos escuros, parece um sinal e é... De que se trata de um Clear Arlequim Cara-Branca ao inves de um Lutino Cara-Branca. Logo abaixo vocês poderão ver a diferença entre um Lutino Cara-Branca de olhos escuros, que na verdade parece mais um azul, ou até mesmo um castanho claro. E um Clear Arlequim Cara-Branca que acabou de ver logo mais acima... a olho nu, é praticamente impossí­vel de perceber as diferenças, o que se deve levar em consideração é a arvore genealógica das aves em questão. Foto: 1 Percebam que o olho não é preto propriamente dito, parece algo somente escurecido ou até mesmo azul.
This leaderboard is set to Sao Paulo/GMT-03:00