Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 07/23/2019 in Posts

  1. 3 points
    Sim, ele porta, pelo menos, pérola, canela, lutino e arlequim. Sem saber o que a lutino cara branca (albina) porta, podem nascer: machos: lutinos e silvestres fêmeas: canelas, silvestres, lutinos e pérolas (ou fêmeas com algumas combinações dessas mutações). Ele pode também portar cara branca, se a mãe ou o pai portarem. Aí, nesse caso, nascem "albinas".
  2. 3 points
    Eu estava pensando em juntar os dois e deixar. Não separar e nem ter filhotes. A saúde deles para mim é o mais importante! Filhotes eu posso esperar quando tiver a oportunidade de ter um novo casal. Obrigado @Ninha,@Nascimento, @CARONE e @Malu!
  3. 3 points
    Olá @Alexsandro boaroli Veja: Ao contrário dos seres humanos, as aves enxergam os raios UV que fazem parte da luz natural do sol. Elas utilizam os raios UV para a alimentação e para a reprodução.Uma ave em ambiente doméstico pode ficar privada da radiação UV. Os raios UV da luz do sol que entra pela janela são eliminados por vidros e cortinas. Além disso, as fontes normais de iluminação doméstica não emitem UV. A vida sem os raios UV para as aves seria como se os seres humanos vissem tudo a preto e branco ou pior. Sem UV algumas espécies de aves não conseguem diferenciar o sexo. Exemplos: As penas das aves refletem os raios UV. Esta reflexão da plumagem desempenha um papel na seleção sexual das aves. As aves de cores escuras (ex: pássaro preto), que para os olhos humanos são negros, aparecerem aos olhos das aves com várias cores. Acontece o mesmo com as aves de cores brancas. A percepção UV desempenha um papel significativo na seleção da comida. Alimentos com os raios UV ficam ainda mais chamativos aos olhos dos pássaros como os vermelhos são mais vermelhos e os verdes são mais verdes. Uma ave relutante a comer precisa dos raios UVA para estimular o seu apetite. A saúde dos pássaros X raios UV Sem uma fonte equilibrada de luz, o ciclo oculo-endócrino (luz para a glândula pineal e para a glândula pituitária) é afetado, alterando todos os aspectos da vida da ave. Uma iluminação inadequada pode provocar agitação, enfraquecimento, problemas respiratórios e metabólicos. As aves necessitam da vitamina D3 para um desenvolvimento saudável do esqueleto, para isso os raios UVB são necessários para sintetizar a vitamina D3. Muitas espécies podem sintetizar a vitamina D3 da luz solar através da pele. Como a pele das aves está coberta com penas, elas não podem utilizar a própria pele para o fazer. Na maioria das aves, a glândula uropigial (impermeabilizante para as penas) recolhe a pré-D3 do sangue, e acumulando-a nos óleos glandulares. Estes são depois expostos á radiação UVB quando a ave se limpa e cuida da plumagem. Mais tarde a ave ingere materiais expostos aos UV quando volta a limpar e a cuidar da sua plumagem, e o óleo entra no organismo como pré-vitamina D, sendo transformado em vitamina D3 pelo fígado e os rins. Lâmpadas para pássaros Na falta da luz natural existe a necessidade de adicionar a radiação UV artificial, encontrada em lâmpadas especiais para aves. Essas lâmpadas emitem raios de UVA e UVB suprindo as necessidades dos pássaros em cativo desde que usadas corretamente (ex: respeitando o período de luz diária). Alguns criadores devido à grande quantidade de pássaros em seu plantel, fica difícil colocá-los para tomar sol todos os dias, daí a importância de investir em uma boa iluminação. Existem algumas lâmpadas UV que não podem ser usadas para os pássaros: As lâmpadas de iluminação doméstica não produzem raios UV e a maioria das lâmpadas domésticas inibem a cor natural da visão da ave. Lâmpadas utilizadas para répteis podem causar cataratas e as usadas em aquários não apresentam uma relação correta de vermelho/azul e também devem ser evitadas. (elas possuem raios UVB elevados). Como deve ser o banho de sol? Devemos dar a preferência pelo período da manhã, entre 8h e 9h. Uma saturação do tempo em exposição ao sol causa aos pássaros os seguintes sintomas: Abertura do bico, aceleração do ritmo cardíaco, abertura dos ombros em relação ao corpo e desidratação. Para maior segurança, coloque sobre a gaiola ou viveiro, um pano ou um papelão que cubra uma parte da área, oferecendo sombra, pois o pássaro saberá melhor do que nós a hora de abrigar-se. Lembrando de trocar a água de bebida após o banho de sol. Fonte: http://www.acpsi.com.br/noticias/a-importancia-do-banho-de-sol-aos-passaros-84.html Eu particularmente não arriscaria uma criação sem sol. Acho que mesmo com instalação de lampadas você deveria levar suas aves pegar sol semanalmente para fortalecer o sistema imunológico. Mais experientes poderão opinar melhor. Ninha*
  4. 3 points
    Nunca me interessei por aves, principalmente calopsita ( falta de informação).. Pois bem, moro em apartamento e tenho um filho de 6 anos, não podemos ter gato, cachorro pois acho que eles precisam de muuuito espaço, quintal... Aí começa essa história de amor Ganhei uma calopsita, a minha Flora e desde então estou apaixonada por ela. Sabe, eu tenho depressão e esses dias estou com uma crise muito prolongada. E pra minha surpresa a Flora tem sido minha amiguinha, passo o dia pesquisando, entendendo como cuidar dela. Ela por sua vez é tão carinhosa e meiga tem me dado muita alegria. Agradeço a Jeová pela forma linda que ele fez suas criações. Seres inteligentes, belíssimos, engraçados.. A Flora foi um presente e tem iluminado meus dias nublados. Que encanto! São tão inocentes e só querem amar e ser amados. Com ela tenho passado dias mais felizes.
  5. 2 points
    Bruno, essa história de que determinado pássaro é tolerante a fumaça de cigarro é, no mínimo, muito esquisita! Quanto á cortar a pontinha do bico eu já ouvi dizer que alguns cortam, mas o melhor mesmo é dar Osso de Siba ou Casca de Ovo (previamente cozida)...faz o mesmo efeito e é bem mais seguro e saudável para a ave pois ela ingere cálcio!
  6. 2 points
    ola meu povo levei minha calopsita no veterinario e descobri que ela esta muito bem e que ela não vai crescer muito, ele me disse que ela vai ser uma mine calopsita levei ela faz um tem já, e que lembrei do forum e quis repassar a noticia vou mandar uma foto dela de hoje
  7. 2 points
    Deve ser pelo mesmo motivo de todos kkkk Dó de puxar as peninhas !!!!
  8. 2 points
    Amigos tenho 3 casais de agapornis 2x Rosecollis 1x Fisheri e 3x Personata tenho muita experiência em agapornis caso precisem estou as ordens desde cruza até primeiros dias de filhotes e sexagem anatômica segura
  9. 2 points
    Tenho seis calopsitas todas mansinha mas o Floquinho é muito muito manhoso Veja a foto
  10. 2 points
    Eu tenho duas Calopsitas e nos finais de semana solto elas no "playground", que é um pé de Pitanga com aproximadamente 2m de altura...os galhos que elas ficam mais parecem que foram atacados por um bando de formigas saúva,...inclusive já tô desconfiado que as minhas calopsitas tem DNA de formiga cortadeira...rsrsrs. Pé de Pitanga, Goiaba e Jaboticaba acredito que são elas que fazem mal ás árvores e não ao contrário! rsrsrs
  11. 2 points
    É verdade, enxertada seria ideal, de repente eu compro uma em um vaso já grandinha e se eles não destruírem ela toda eu planto no chão. Eu tinha pensado em acerola que não é tão grande normalmente. Eles ficam picando a grama de vez em quando, mas talvez com o tempo perca a graça, minha esperança é essa. rs Eu já deixei um dos meus quando tinha asa cortada no pé de caqui do quintal e ele saiu cortando todas as folhas igual formiga. rs Mas talvez tendo a árvore o tempo todo lá dentro eles parem depois de um tempo.
  12. 2 points
    @SAM 3 Tem problema não, meu filho é gato mesmo, pode divulgar.
  13. 2 points
    Ahhhhh!!! Canelas... Esses canhões ainda não dizem nada, por enquanto! Existem vários tons de canelas! @Malu, peguei o seu emprestado ele é lindíssimo! É muita perfeição em um só canela!!!
  14. 2 points
    Olá, ela está defendendo o "ninho". Está pensando que as blusas são ninhos, eu tenho três aves de espécies diferentes com o mesmo comportamento. Se ela fica solta pela casa é melhor vc tomar cuidado. Já vou avisar antes de acontecer: Lugar de aves domésticas é em viveiros. Só soltar quando for interagir, pra evitar acidente. Ok?!
  15. 2 points
    reforcei um pouco a alimentação, estou medicando e a partir de sábado vou começar a dar uma alimentação mais completa pra tentar ajustar todos os nutrientes o mais rápido possível. obrigado pela tabela!
  16. 2 points
    @SAM 3 Olha é muita manha
  17. 2 points
    Pela manhã os pássaros estão mais famintos...inclusive os gaviões! Acho melhor alimentá-lo bastante e soltar pela metade do dia...pra dar tempo pra ele encontrar um abrigo pra noite!
  18. 2 points
    Os tópicos do fórum sempre apareceram como resultado das minhas buscas sobre aves. Antes eu entrava só pra ler os tópicos, mas depois que eu comecei a sentir que podia eu mesma responder algumas perguntas, resolvi me cadastrar pra tentar ajudar quem tá começando a criação.
  19. 2 points
    Final do passado um filhote de rolinha recém-nascido caiu bem na área de casa. Sorte que eu tava lá fora e vi ele cair, peguei ele e cuidei, devia ter uns 3 dias no máximo. Fui pesquisando sobre o que fazer, como alimentar, aquecer, depois pesquisei sobre possíveis doenças e quando pesquisei sobre os excrementos me apareceu um tópico aqui do fórum. Assim conheci o clube e adorei, me ajudou muito na hora de cuidar daquele filhotinho e ainda me ajuda depois que adquiri meus próprios filhos de penas.
  20. 2 points
    Bom dia, Pesquisando na internet sobre os hábitos desses animais maravilhosos! Ninha*
  21. 2 points
    @SAM 3 Inhambus quase não voam por conta do tamanho das asas, elas preferem que se encolher no chão quando aparece perigo e só voam em último caso se não conseguirem despistar/escapar do predador.
  22. 2 points
    Concordo com @Ninha. Tenta arranjar logo outra parceira já q vc planeja isso
  23. 2 points
    @Malu Não foram seguidas, tiveram mais de 3 meses de descanso entre a última e essa nova postura. Com relação ao viveiro eu realmente ia fazer isso, colocar o filhote primeiro e depois os pais quando terminasse os dias de chocagem. O ovo não está galado, mas estou deixando eles chocarem pelo menos até uns 18 dias porque não quero traumatizar eles retirando o ninho do nada. Quando retirar o ninho vou colocar eles no viveiro novo e deixar o filhote na gaiola caso o macho ainda implique muito com ele. @Dôdoi Sim, o "filhote" na verdade é um jovem, tem três meses e eu acho mesmo que o estresse é porque o macho vê ele como um intruso, pois se fosse na natureza um filhote já independente estaria bem longe dos pais. Engraçado que de manhã e noite eles ficam juntinhos lado a lado como se fossem os maiores anjinhos, dormem coladinhos um no outro, mas é só descobrir a gaiola que o macho já começa a implicar com ele pra ele ir pra baixo. Mas fazer o que, meu pombinho não bate muito bem da cabeça
  24. 2 points
    A monogamia ficou no passado!!! Ou ao menos na Austrália kkk
  25. 2 points
    Vou ser bem objetivo pra ficar mais claro: NINGUÉM está dizendo pra deixar a ave presa numa gaiola minúscula o tempo todo. Se alguém quer um animal andando pela casa, compra um cachorro ou gato q sabem se virar. Se quer q aves fiquem totalmente livres, não comprem ou adquiram pra criar. Não estimule o comércio. Defenda sem hipocrisia a não criação de aves. É simples assim.
  26. 2 points
    A Vitamina D, que na verdade é um hormônio, é produzida pela exposição solar que estimula o organismo a produzir tal Vitamina. Ela é importante para vários órgãos...tanto o sistema imunológico quanto cardiovascular. Acho muito importante para os pássaros o "banho de sol" diariamente!
  27. 2 points
    Olá, os raios UV são necessários para que as aves identifiquem o sexo das outras. E o sol é fonte de uma vitamina muito importante que estimula a reprodução. Pode ser que vc consiga ter filhotes, mas tem que tomar muito cuidado, talvez possa gerar mofo, e eu tive problemas com mofo, porque começou a se espalhar no ninho, passei todo tipo de desinfetante mas não adiantou. Não sou especialista, tudo que eu digo tem como fonte pesquisas e experiência própria.
  28. 2 points
    @Pretajw Me refiro principalmente ao fato de que se você mencionar as qualidades e os benefícios de ter esse animal amado em casa, enfatizar também os cuidados que deve ter em relação a eles. Como @SAM 3 também comentou, muitas vezes é necessário deixar de fazer muita coisa por conta dos cuidados com a ave. Eu já deixei de viajar muitas vezes porque não confio em qualquer pessoa para cuidar dos meus pequenos, eu que quis comprá-los, agora é minha responsabilidade. Mas em muitos pontos concordo com você. Ninha*
  29. 2 points
    .Eu concordo, em partes! Calopsitas são frágeis e fortes ao mesmo tempo, tanto que vivem mais de 15 anos. É muito vdd que são dependentes muuuuuito. Estou a poucas semanas com a Flora e já vejo como ela se apegou a mim. O fato é que penso que cuidar delas é um ato de amor, uma vez que já foram tiradas da natureza iriam morrer sem cuidados. Agora realmente pra ter uma em casa ( assim como qq outro Pet) é necessário bom senso. Terei tempo pra cuidar? Terei recursos para arcar com alimentação, ou fiquem doentes? Tenho paciência? Enfim, perguntas realistas. Tbm não concordo em dar bicho de presente pra criança. Quando peguei a minha Flora eu tinha ciência que quem ia cuidar seria eu e meu esposo, o meu filho só acha legal mais tem medo. Eu aconselho sim pessoas a terem calopsita pois elas fazem bem e nos ensina muito sobre amar! Porém indico a pessoas que estão dispostas a receber todo esse amor e retirbuir a altura. Minha opinião!
  30. 1 point
    Se ele for macho e tiver essa idade mesmo, daqui uns 2 ou 3 meses, esse perolado vai começar a embaralhar e sumir, aí as asinhas vão ficar canela. Ele é arlequim canela, os canelas demoram um pouco mais pra perder o perolado totalmente, as vezes nem perdem todo, mas de qualquer forma, quando ele entrar na muda, você vai notar o perolado mudando (se for macho). Se ele terminar a muda e não mudar nada, é fêmea. Tem outras coisas de comportamento que vc pode observar, tipo se ele começar a cantar, que também indicam que é macho, mas essas não com 100% de certeza. Eu não sou uma pessoa ansiosa, então eu sempre espero pra descobrir o sexo dos meus com o tempo, se você também não for, esse daí da pra saber com certeza pelas penas, como eu te falei, não precisaria de sexagem.
  31. 1 point
    Nesse caso acho que depende também do tamanho da gaiola. Se a gaiola for pequena ela já vem com suporte pra dois potes, um de água e outro de comida. Se for maior pode ser sim 4 potes ou até mais. Você pode tanto colocar um tipo de alimento em cada pote (ração em um, sementes em outro, frutas em outro, etc) ou colocar o mesmo alimento em todos os potes (tipo farinhada com mix, ração com mix, etc) O importante é não colocar potes no fundo da gaiola porque eles acabam defecando dentro e comendo depois, o que não é nada higiênico e saudável. Espalhe os potes pela gaiola, colocando alguns mais pra cima, outros mais pra baixo, sempre próximos aos poleiros ou ninho, nunca no chão.
  32. 1 point
  33. 1 point
    Nossa! Quase surucou a coitada... Ela não parece mal, não sei se na composição da cola rato tem alguma toxina. (Até eu já me prendi em uma kkk). Mas algo de errado NÃO está certo... Vcs deixam ela solta pela casa? Se ela fica solta ela corre o risco de perigo constante, o ideal seria ter um tempo pra soltar em SUPERVISÃO do tutor. Ela fica entrando no seu tênis... Já pensou se alguém colocar ele pra lavar com a calopsita dentro? Nada agradável! Se ela não gosta de ficar na gaiola, arruma um viveiro um pouco maior, aí ela fica mais à vontade! Boa sorte!
  34. 1 point
    Não tô conseguindo colocar foto dela
  35. 1 point
    Lourene, A veterinária em que você levou a calopsita é especialista em aves? Veterinário de Gato e Cachorro dificilmente conhece sobre aves , que é muito diferente de mamíferos! A sua Calopsita não tem as penas de voo cortadas? Para ficarem soltas com segurança é necessário que as penas de voo estejam devidamente cortadas e que esteja sempre com alguém monitorando-as para evitar acidentes. Quanto ao diagnóstico do veterinário que você a levou na dúvida eu faria como faço com qualquer membro da família (as calopsitas também fazem parte...rs): Levaria a outro profissional para ter um segundo diagnóstico! Boa recuperação para o Lunno e dê noticias (boas) dele!
  36. 1 point
  37. 1 point
    Ela está com as penas arrepiadas e no fundo da gaiola? Ela se movimenta nomalmente? Está comendo? A fezes ficam diferentes mesmo quando elas estão em postura ou quando estão chocando. Você reforçou a alimentação? Ela pode só estar fraca, por conta da postura. Na dúvida, o ideal é levar no veterinário, especialmente se tiver sem andar e com as penas arrepiadas, pode ser ovo preso.
  38. 1 point
    Depois q cresce n existe mais paternidade nem nada. Filho vira concorrente, mesmo sendo parte do bando. Mande uma foto deles.
  39. 1 point
    @Malu Espero que sim. Acho que como lá tem mais espaço eles mantém distancia um do outro, ou assim espero.
  40. 1 point
    Ela tem 1 mês e ela tem machinhas amarelas na asa so que não dá pra ver na foto
  41. 1 point
    Parabéns... é um CB Pérola Canela danado de bonito!!!
  42. 1 point
    Olá, vc estuda tem sua experiência, mas muitas pessoas não tem, e, acabam não entendendo o que nós dizemos e logo pensam: "A calopsita dela viveu 8 anos solta e tals... Então a minha pode ficar solta que não tem problemas." E quando menos se espera aparece lá: "Pisei na calopsita, deitei na calopsita etc." Eu tenho um periquito com 7 anos, e nunca sofreu nada também, mas não é por isso que eu vou "baixar a guarda". Por isso pedimos pra não deixar a calopsita ou seja lá que passarinho for solto. Se quer um animal pra ficar solto é melhor um de porte maior.
  43. 1 point
    Que bom !!! E o macho está bem? Depois dessa ninhada deixe o casal descansar por 4 ou 5 meses. Já vai observando o que deu errado nessa, faça as mudanças necessárias, alimentação, suplementos etc. Se eu não me engano, depois do período de reprodução vem a muda de penas.
  44. 1 point
    É um arlequim. Só que um pouco mais cinza.
  45. 1 point
    Então tem chances de ela ser arisca. O meu Tuníco é arisco, mas come não minha mão, aceita petiscos, meu periquito australiano é arisco, mas sobe no dedo, fugiu e voltou. Vc tem que ter paciência... Aparar as asas corretamente, não pegar ela por cima, não forçar a saída dela da gaiola, evitar dar sustos nela. Tira um tempo pra vc interagir com ela em um lugar calmo, depois vc deixa ela sair da gaiola sozinha. E insista até ela ficar mais amigável. Obs: As asas crescem de novo, fique atenta à possíveis fugas. Ela pode até subir no dedo, mas dificilmente vai deixar fazer carinho, segurar etc. Ela não pode ficar solta pela casa, tem vários perigos ao seu redor.
  46. 1 point
    Sei bem como é mim Muitos dizem que não existe amor por bichos, mas é porque nunca tiveram um pra ter essa experiência maravilhosa! Eu comecei com um... hj tenho 10, de diferentes espécies, e pretendo ter muitos outros!
  47. 1 point
    Obrigado pela dica.
  48. 1 point
    Muito obrigada, vou tentar levar ao veterinário, só que o único problema é pagar a consulta... Mas muito obrigada
  49. 1 point
    Tenho dois machos, e o mais novo sempre pede carinho ao mais velho. Inclusive, o mais velho acaba ficando estressado.
  50. 1 point
    Joelia seja bem vinda ao club Até pode ser alguma doença neurológica mas vermes em aves pode causar ataques epiléticos , o certo é vc levar em um veterinário de aves para ele avaliar só assim para ter certeza se é mesmo doenças neurológica Vi que vc esta em São Pulo aqui tem muitos veterinários de animais silvestre que vão te ajudar , se vc quiser posso te indicar meu veterinário ele é ótimo tenho certeza que ele vai te dar uma solução .
This leaderboard is set to Sao Paulo/GMT-03:00