Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 01/20/2020 in Posts

  1. 1 point
    Eu também recebi o meu com a asa toda ratada e pra piorar, o corte era apenas de um lado. Eu li que isso pode prejudicar o equilíbrio da ave e é bom cortar os dois lados exatamente iguais. Como a asinha do meu tava muito mal cortada, ele tambem dava una vôos que me deixavam desesperada e sempre dava de cara numa parede ou móvel. Eu cortei o outro lado igual e o mais baixinho possível pra que ele ficasse mais dependente e desistisse de voar tanto e se machucar. Obs: sobre o corte ideal, li nesse mesmo lugar sobre a simetria das asas, que devem ser cortadas as 8 primeiras penas de vôo ( nenhuma a mais!!!) e o corte nao pode ser reto e tem que seguir o desenho das asas. Segue as fotos do cotoco que ficou as asinhas do meu bb
  2. 1 point
    Eu também não sei o corte exato. Já cansei de ver calopsita que fugiu ou de ir atrás dos meus por causa desse corte ;-;. Dizem que não pode cortar só uma, outros dizem que é só uma que corta, estou super sem saber.
  3. 1 point
    Olá pessoal... Ultimamente tenho observado pessoas que querem adquirir Calopsitas... Em apenas uma semana ouvi relatos de três pessoas que se diziam interessadas e ao serem questionadas do porquê querem esse animal, falaram que viram na internet calopsitas cantando e falando, souberam que é muito apegada ao dono, enfim... se apaixonaram, mas percebi que não tinham noção de como esse animal torna-se dependente do dono e como precisa de um tratamento diferenciado de outros animais domésticos. Foi então que decidi comentar um pouco do meu dia-a-dia com minhas duas calopsitas: - O quanto são sensíveis. Não podem ser criadas soltas, asas precisam ser aparadas; - Precisam de muito carinho e atenção; - Precisam de rotina e dedicação por parte do dono para que aprendam a cantar, falar... - Gaiola precisa ser higienizada diariamente. Precisam de banho... - Geralmente são barulhentas, na primavera então nem se fala, nem pensar em dormir até mais tarde (tenho dois e são bem barulhentos); - Podem ter pânico noturno; - No menor sinal de doença precisam ser levadas ao veterinário e uma consulta não é barato; - Se o dono viajar não pode deixa-la sozinha em casa, o melhor a fazer é levar junto ou deixar com alguém de extrema confiança, de preferência que tenha experiência com aves. Se optar por levar junto dependendo do local vai precisar de um atestado de saúde de um veterinário. - Vivem mais do que um cachorro ou gato; - Se sentem a falta de uma pessoa da família que possa ter viajado chegam a ficar doentes... etc... etc... Assim que ouviram meu relato que inclusive acabou com o comentário de que eu não terei mais calopsitas devido a responsabilidade, ficaram pensativas. Enfim, esse post tem a intenção de fazer com que proprietários de calopsitas tenham o cuidado de não incentivar a comercialização desses animais. Acredito que muitas pessoas que compram não tem a menor ideia de como eles são frágeis e precisam de cuidados, eu mesma não tinha ideia e depois de muitos erros e ainda aprendendo muito, não desejo mais ter calopsitas e olha que os amo muito. Além disso, não é raro ouvir de pais que compram uma calopsita de presente de aniversário para uma criança de 2, 5, anos, como se fossem brinquedos... aí poucos dias depois acontece algum acidente e procuram o blog para pedir opinião do que fazer... é triste! Sem contar que em pet shop e muitas agropecuárias os animais são tratados como mera mercadoria, inclusive aqui no blog já vi relatos de pessoas que acabaram comprando calopsitas mais velhas, ariscas e até mesmo doentes pois não aguentaram ver a forma como estavam sendo tratadas apenas como reprodutoras. Sei que aqui nesse blog tem pessoas que criam calopsitas para vender, não julgo, não é minha intenção difamar nada, apenas deixar claro que quem adquire deveria ter o mínimo de informação antes de decidir por comprar ou adotar um anjinho desses. Enfim... escrevi apenas com o intuito de chamar atenção para que possamos repensar a forma como estamos propagandeando esses anjinhos, (deixando claro que eu me incluo nisso). Se por um acaso mostrar uma foto ou vídeo com as qualidades da sua ave, acho importante enfatizar os cuidados que diariamente tem com ela. Me corta o coração saber que muitos são tratados como mercadorias, objetos. Não indico pra ninguém a compra de uma calopsita. Espero ter me expressado corretamente. Ninha*
  4. 1 point
    Formei um casal de Macho Cara Branca x Femea Lutino. Olha os filhotes:
  5. 1 point
    Sao irmaos? Eles devem ta só treinando kkkkk
  6. 1 point
    .Eu concordo, em partes! Calopsitas são frágeis e fortes ao mesmo tempo, tanto que vivem mais de 15 anos. É muito vdd que são dependentes muuuuuito. Estou a poucas semanas com a Flora e já vejo como ela se apegou a mim. O fato é que penso que cuidar delas é um ato de amor, uma vez que já foram tiradas da natureza iriam morrer sem cuidados. Agora realmente pra ter uma em casa ( assim como qq outro Pet) é necessário bom senso. Terei tempo pra cuidar? Terei recursos para arcar com alimentação, ou fiquem doentes? Tenho paciência? Enfim, perguntas realistas. Tbm não concordo em dar bicho de presente pra criança. Quando peguei a minha Flora eu tinha ciência que quem ia cuidar seria eu e meu esposo, o meu filho só acha legal mais tem medo. Eu aconselho sim pessoas a terem calopsita pois elas fazem bem e nos ensina muito sobre amar! Porém indico a pessoas que estão dispostas a receber todo esse amor e retirbuir a altura. Minha opinião!
This leaderboard is set to Sao Paulo/GMT-02:00