Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 01/25/2020 in Posts

  1. 6 points
    Galera, Resolvi fazer um tópico "definitivo" e objetivo ao máximo sobre alimentação para calopsitas pra qnd alguém tiver uma dúvida podermos colocar o link sem termos q ficar repetindo a msm coisa todo dia. Vou postar com base na MINHA experiência e pesquisas que tenho/fiz. E claro, tds estão convidados a adicionar suas experiências. ADULTOS - RAÇÃO, SEMENTES E COMPLEMENTOS: Para quem tem dúvida se usa ração ou mix de sementes, digo que pode usar os dois - misturados ou não - ou só um ou só outro, desde que complemente com outros alimentos. EU USO MISTURADO (mix+ração da alcon ou nutropica). A proporção de ração que uso é de cerca de uns 15% a 20% para o total de sementes. Claro que você pode inverter essa proporção e usar mais ração e menos sementes. Isso vai da conveniência e do bolso de cada um. O que vou postar aqui foi a forma mais EFICIENTE que achei de dar uma boa alimentação dentro da minha realidade. Em relação ao mix de sementes: A MINHA BASE costuma ter sempre 6 sementes nas seguintes proporções: Painço 45% (os + variados possíveis); Alpiste 25%; Aveia descascada 10%; Arroz cateto 10%; Cártamo 5%; Ninger ou Girassol 5%. ALÉM desse BÁSICO acima, eu costumo adicionar entre 2% a 5% de mais algumas sementes, como por exemplo Gergelim, Senha, Sorgo, Linhaça, Nabão, Trigo Sarraceno, semente de abóbora crua ou torrada (que inclusive é vermífugo natural), entre outras. Ainda adiciono mais 5% de semente de funcho no total de Kg que essa mistura dá. Tem um cheiro agradável e evita carunchos. Lembre-se de usar a proporção, e se for adicionar outras sementes além das básicas, tire alguns porcentos da proporção das básicas e use nas demais. Complemento mais usados: Ovo cozido com casca, milho cozido (jamais enlatado), couve, coentro, quiabo, brócolis, rúcula, arroz sete grãos/branco/ lentilha (cozidos só na água), maçã sem sementes, banana com casca, mamão com sementes, osso de siba, entre outros. Você pode oferece-los um ou dois por dia, cada dia um para ter uma variação nutricional aí. Claro q não há problema se vc repetir uma vez ou outra algum alimento ou oferecer três ou quatro tipos por dia. Mas eu acho mais eficiente usar até dois a cada dia. O importante é a variação durante a semana. Se as aves não têm costume de comer alguns desses complementos (ou mesmo a ração), o segredo é insistir. Não so dois ou três dias, mas sim algumas semanas. Lembrando pra não deixar esses alimentos na gaiola/viveiro por mais de 6 ou 8h para não estragarem. Petiscos: Pode dar uma ou duas vezes na semana como pipoca (sem tempero e sal), castanhas, amendoim, pimentas p psitacídeos, entre outros. São P-E-T-I-S-C-O-S!!! Em qualquer pesquisa básica vc encontra mais alimentos que pode e não pode dar pra sua ave. Enfim. Para alimentação de adultos é basicamente isso aí. Como dispor a comida: Como tenho 4 aves, uso uma tigela de inox de +- um palmo de diâmetro em cima de uma prateleira p não haver disputas e pra diminuir o desperdício das sementes q caem da vasilha. Se sua gaiola é pequena, pode usar dois ou três potes distribuídos pela gaiola pra evitar brigas, caso tenha mais de uma ave. A água basta um potinho msm, eles bebem pouco. Trocar pelo menos uma vez por dia. Usar só água filtrada. Eu só recarrego a comida a cada 5 ou 7 dias, assim eles comem outros tipos de sementes além das que mais gostam (as primeiras a serem comidas). Sopro uma vez por dia e peneiro uma vez na semana. Você tanto pode fazer seu mix como pode já comprar pronto. Marcas como Terra dos pássaros, reino das aves, megazoo, nutropica, entre outras vendem mix prontos. Claro q as sementes e proporções não são exatas as que eu disse, mas não há problema, basta usar o bom senso e a pesquisa pra complementar da melhor forma possível, se quiser. Ultimamente tenho usado a "Mistura Agapornis Calopsita - 5 kg" da Terra dos Pássaros. Pode usar mix ou ração de outras aves? Pode, de forma esporádica, desde q vc compare o rótulo e veja se tem mais semelhanças doq diferenças (e nada proibido) para os de Calopsita. E pra encerrar essa parte SÓ COMPRE SEMENTES DE PACOTES FECHADOS. Verifique se as sementes estão limpas, brilhosas, com bom aspecto, sem muito farelo ou carunchos. JAMAIS COMPRE A GRANEL (aquelas vendidas a kg que ficam abertas e expostas nas lojas). Na reprodução: Para uma boa reprodução, as aves têm que estar com alimentação reforçada uns 2 meses antes de colocar o ninho. Pode seguir o que está acima, apenas aumentando a quantidade e variações para JAMAIS DEIXAR FALTAR COMIDA. Principalmente durante a choca e a cria dos filhotes. FILHOTES - PAPINHA Pra quem quer ou precisou criar os filhotes na papinha, vai as dicas: Eu uso papinha para psitacídeos da alcon ou reino das aves. Preparo: Coloque água MORNA num copo e dissolva o pó. O aspecto da papa tem que ficar parecido com o de um iogurte. Para testa a temperatura, mergulhe seu dedo por alguns segundos na água. Ela n pode queimar ou incomodar seu dedo. Filhotes nao gostam muito de papa fria, por isso deve ser dada um pouco morna. Pode guardar na geladeira pra dar mais tarde NO MESMO DIA, mas busque achar a quantidade certa pra cada refeição. A quantidade de papinha você pode seguir a tabela da imagem. Ajuste-a aos seus horários. Nao se alimenta filhote de madruga. Quem quer criar na papa pra amansar mais fácil, geralmente tira do ninho com 15 a 25 dias. A partir dos 30 dias, já pode colocar sementes/ração numa vasilha rasa pro filhote começar a se familiarizar com a alimentação. Filhotes largam a papinha e ficam independentes +- com 50 dias de vida. Alguns são mimados e msm depois de uns 60 dias só querem papinha. Recomendo a dar somente ao fim da tarde ou tirar totalmente se vc perceber q ele já belisca a comida. Se não tem experiência com filhotes, use uma colher para alimenta-los e depois os limpe com um pano úmido p nao ficar com papa grudada nas penas. (N há problema se ficar um pouquinho aqui ou ali). Aproveito pra mostrar como fica o banquete de sementes + ração das minhas.
  2. 6 points
    Olá pessoal... Ultimamente tenho observado pessoas que querem adquirir Calopsitas... Em apenas uma semana ouvi relatos de três pessoas que se diziam interessadas e ao serem questionadas do porquê querem esse animal, falaram que viram na internet calopsitas cantando e falando, souberam que é muito apegada ao dono, enfim... se apaixonaram, mas percebi que não tinham noção de como esse animal torna-se dependente do dono e como precisa de um tratamento diferenciado de outros animais domésticos. Foi então que decidi comentar um pouco do meu dia-a-dia com minhas duas calopsitas: - O quanto são sensíveis. Não podem ser criadas soltas, asas precisam ser aparadas; - Precisam de muito carinho e atenção; - Precisam de rotina e dedicação por parte do dono para que aprendam a cantar, falar... - Gaiola precisa ser higienizada diariamente. Precisam de banho... - Geralmente são barulhentas, na primavera então nem se fala, nem pensar em dormir até mais tarde (tenho dois e são bem barulhentos); - Podem ter pânico noturno; - No menor sinal de doença precisam ser levadas ao veterinário e uma consulta não é barato; - Se o dono viajar não pode deixa-la sozinha em casa, o melhor a fazer é levar junto ou deixar com alguém de extrema confiança, de preferência que tenha experiência com aves. Se optar por levar junto dependendo do local vai precisar de um atestado de saúde de um veterinário. - Vivem mais do que um cachorro ou gato; - Se sentem a falta de uma pessoa da família que possa ter viajado chegam a ficar doentes... etc... etc... Assim que ouviram meu relato que inclusive acabou com o comentário de que eu não terei mais calopsitas devido a responsabilidade, ficaram pensativas. Enfim, esse post tem a intenção de fazer com que proprietários de calopsitas tenham o cuidado de não incentivar a comercialização desses animais. Acredito que muitas pessoas que compram não tem a menor ideia de como eles são frágeis e precisam de cuidados, eu mesma não tinha ideia e depois de muitos erros e ainda aprendendo muito, não desejo mais ter calopsitas e olha que os amo muito. Além disso, não é raro ouvir de pais que compram uma calopsita de presente de aniversário para uma criança de 2, 5, anos, como se fossem brinquedos... aí poucos dias depois acontece algum acidente e procuram o blog para pedir opinião do que fazer... é triste! Sem contar que em pet shop e muitas agropecuárias os animais são tratados como mera mercadoria, inclusive aqui no blog já vi relatos de pessoas que acabaram comprando calopsitas mais velhas, ariscas e até mesmo doentes pois não aguentaram ver a forma como estavam sendo tratadas apenas como reprodutoras. Sei que aqui nesse blog tem pessoas que criam calopsitas para vender, não julgo, não é minha intenção difamar nada, apenas deixar claro que quem adquire deveria ter o mínimo de informação antes de decidir por comprar ou adotar um anjinho desses. Enfim... escrevi apenas com o intuito de chamar atenção para que possamos repensar a forma como estamos propagandeando esses anjinhos, (deixando claro que eu me incluo nisso). Se por um acaso mostrar uma foto ou vídeo com as qualidades da sua ave, acho importante enfatizar os cuidados que diariamente tem com ela. Me corta o coração saber que muitos são tratados como mercadorias, objetos. Não indico pra ninguém a compra de uma calopsita. Espero ter me expressado corretamente. Ninha*
  3. 5 points
    Moderadores pensem na possibilidade de um app para o Fórum, com notificações e tudo mais, seria tão maravilhosoooooo. Ficaria muito mais fácil vê as msgs e postar tbm
  4. 4 points
    Bom dia, estou doando minhas duas Calopsitas, um macho e uma fêmea. Os dois são muito dóceis, porém não são casal. Ele (Bola) chegou até mim perdido e já era adulto, está comigo há 07 anos. Ela (Princesa) peguei desde bebê, tem 04 anos e é um doce! Amo muito os dois e gostaria de doar para alguém que as ame também e as tratem como filhos! Além disso, gostaria que a pessoa morasse em Casa para poder oferecer uma melhor qualidade de vida à eles, e que possua condições para arcar com despesas esporádicas e necessárias ao Veterinário. Digo isso, pois Bola já se machucou uma vez e sei o valor de exames, remédios e consultas. Vou falar um pouquinho do comportamento dos dois: Bola é uma calopsita dócil, mas tem personalidade forte, é extremamente inteligente e esperto! Deixa fazer carinho, canta, fica no colo, porém quando ele não está afim, não deixa, rs.... mas costuma avisar. É um explorador, curioso e sapeca! Esse seu jeitinho conquista á todos e normalmente é o preferido de todos que o conhecem. Princesa é um docinho e grudinho... ama os donos, mas é receosa com estranhos. Ela deixa fazer carinho, pegar, beijar, cheirar e tudo o que quiser! Hahahaha Porém ela é bastante ciumenta, o ciúme é tanto que quando assobiamos para Bola, ela fica brava e reclamando, mas o ciúme é tanto, que ela as vezes canta! Bola possui uma inteligência única, acredito que seja devido a sua linhagem, legitima. Ele é uma calopsita das mais lindas que já vi, possui um topete invejável! Ela já não é tão bonita como ele, é maior que ele e possui umas perninhas bem longas, rs. Devido a sua linhagem, ela não é uma calopsita inteligente, mas é a calopsi mais doce e dócil que já conheci. Com relação aos dois... Bola nunca se interessou por ela e por nenhuma outra calopsi, não sei se onde ele vivia antes tinha namorada. Tentamos algumas vezes colocar o ninho, mas sem sucesso, eles brigam muito! Ela até coloca ovinhos, uma vez botou 07, mas ovos não galados. No início ela tentava namorar com ele, pedir carinho, mas ele nunca quis. Depois não tentei mais, achei que as brigas estavam demais e o desgaste dela excessivo, pois chocava os ovos sozinha. Eles vivem bem juntos na gaiola, mas considero os dois irmãozinhos. rs Bom... se alguém tiver interesse e muito amor para dar, podemos conversar! Preciso de alguém que realmente trate eles como filhos, assim como eu. Obrigada! "Adeptos de uma adoção consciente. Um animal de estimação é como um filho, o que implica em responsabilidade, predisposição e vontade. Por isso, converse com as pessoas que já tenham animais, pesquise sobre o bichinho que você pretende adotar, entenda seus hábitos e tempo de vida, lembre-se que ele vai precisar de uma adaptação ao novo ambiente. Se você se sentir pronto para isso, então prepare-se para receber de volta muito amor, carinho e felicidade”. (Frase: Nayara)
  5. 3 points
    Olá, primeiramente falo aos moderadores que crio esse tópico com o intuito de ajudar, sei que existe conteúdo similar no fórum porém as informações estão dispersas, falo por experiência própria, pois sofri um bocado para fazer os exames e tudo mais e gostaria de juntar tudo aqui pra quem tiver as mesmas dúvidas o pessoal poder ajudar... Mas qualquer problema pode excluir o tópico , não quero prejudicar ninguém.Sem mais delongas vamos ao primeiro tópico:-Por que fazer os exames na minha ave?Toda ave está, como os seres humanos, em constante exposição a bactérias e agentes nocivos à saúde que buscam o tempo todo uma brecha no sistema imunológico para nele se instaurarem e causar vários problemas. Nas aves um cuidado especial é necessário, pois são suscetíveis a uma baixa imunológica devido a muitos fatores, desde clima até estresse. Ao fazer os exames podemos detectar precocemente esses agentes nocivos e com o auxílio de um veterinário competente realizar o tratamento para que seu bichinho fique saudável e continue a te dar alegria por muito muito tempo...-Como posso fazer os exames? É muito caro?Existem vários laboratórios que realizam os exames em aves, dentre os principais podemos citar a Unigen, o (Laboratório de Genética), o Genoa, entre outros (não vou postar links por irem contra as normas de diretrizes do fórum, qualquer coisa deixe uma mensagem que mando por MP) ou até mesmo o parceiro aqui do fórum o Dr. Felipe também realiza os exames, portanto dê uma passada no site dele, NIAAS. O preço obviamente varia de acordo com os exames e a quantidade de aves (plantel sai mais caro) , os principais exames para se realizar são: Clamídiose Ultrassensível, Mycoplasmose Ultrassensível, Salmonellose, e o Parasitológico das fezes para detecção de possíveis coccídeos ( Agradeço às nossas amigas Bia e Erika que gentilmente me falaram os principais exames em um tópico que criei antes de fazer os meus exames). Um dos laboratórios, por exemplo, forma um Painel para os três primeiros exames e tudo sai por R$ 98,00 e o parasitológico sai por R$ 24,00 os três primeiros saem por R$ 55,00 individualmente, o pagamento pode ser realizado online em até 12 vezes, não tem desculpas para não fazer os exames. Outro laboratório faz o exame de clamidia, micoplasma, salmonella e coccídeas por R$ 160 se fornecer o CRMV e o nome de seu veterinário ou se tiver o pedido medico.-Eu moro muito longe de qualquer um dos laboratórios, e agora?Isso realmente não importa, pois você quase não precisa sair de casa para fazer os exames, primeiramente você pode gratuitamente pedir os kits de coleta pelo site dos laboratórios para quando chegarem começar a fazer a coleta. Se sua ave estiver apresentando sintomas significa que o caso demanda urgência então corra em uma farmácia e compre um coletor universal que é bem barato e vá coletando as fezes para a realização dos principais exames, depois lacre e mande por Sedex para o laboratório, no meu caso eu pedi os kits e comecei a fazer a coleta no coletor universal mesmo, no último dia de coleta os kits chegaram, então na hora de mandar pelos Correios eu transferi as amostras do coletor para o potinho com conservante dos kits, preenchi um formulário de solicitação de exames que pode ser imprimido no site ou obtido nos kits, e anexei o comprovante de pagamento, depois é só esperar. -Coleta? Como vou fazer? Como saber o tipo de amostra para um determinado exame?Pelo site dos laboratórios você solicita ajuda online e eles te dizem a amostra necessária para os exames, no caso dos 4 exames citados acima só é necessária a coleta de fezes, que deve ser feita forrando o fundo da gaiola com um papel (pode ser sulfite mesmo) e coletar as fezes por 3 dias em horários diferentes. Eu coletei de manhã, tarde, noite no primeiro e segundo dia e só de manhã no terceiro e mandei por Sedex10. Colete usando uma pazinha ou colherzinha desinfetada, eu usei duas colherzinhas de caipirinha que parecem umas pazinhas, a desinfetação pode ser feita com água fervente e álcool em gel, Sempre desinfete as pazinhas entre uma coleta e outra e troque as folhas da gaiola, colete as fezes mais estranhas, que estão aquosas ou disformes e mantenha o coletor na geladeira durante os 3 dias, só retirando pra fazer a coleta e pra mandar pelos Correios.Qualquer dúvida adicional pode ser perguntada aqui no fórum mesmo e no próprio site dos laboratórios, tenho certeza que ela será sanada, o resultado pode ser visto online e caso aparecer algum positivo leve ao veterinário, se não tiver nenhum veterinário especializado em aves por perto não é desculpa pra automedicar sua ave, o nosso querido Dr. Felipe faz consultoria online para quem não tem como levar em um veterinário, dá um verificada Niaas.Todo o conteúdo escrito aqui foi de minha autoria sem nenhum tipo de cópia, as fontes foram todas tiradas daqui do fórum mesmo e quero agradecer em especial às pessoas que me ajudaram a realizar os exames no Pitchi. O Balthazar, a Bia, a Erika , e a Valéria. Espero ter ajudado....A saúde de nossas aves é essêncial para preservarmos uma das únicas coisas boas que o ser humano tem: A capacidade de amar e de aprender com nossos bichinhos...*Texto original do @dupocas
  6. 2 points
    Boa tarde , tenho 4 calopsitas para ser doadas interessados por favor me mandar msg ! Sou de sp zona leste
  7. 2 points
    Prezados (as ) Bom dia. Eu estou colocando para doação 2 calopsitas, não sei dizer se são machos ou fêmeas, sendo um na cor Amarela e outra na cor Cinza, eu peguei para ver se minha filha ia se interessar pela ave, porém infelizmente não foi o que aconteceu, eu sei que fiz errado, porém, agora vejo que as crianças não dão atenção a ave, O BICHINHO FICA O DIA INTEIRO NA GAIOLA, eu gostaria de doar para uma pessoa que realmente tenha tempo para cuidar e dar atenção as eles, que eles possam ser criados solto, com atenção e carinho. J.Souza
  8. 2 points
    Muito obrigada! Ajudou muito, agora o Jubileu pode tomar um solzinho sem desconfianças! Kkkkk
  9. 2 points
    Então fezes com esse tipo de coloração indicam poblema hepaticos poblema no figado terá que levar no veterinario pra ele ministrar remedios más vai uma dica aqui pra você tenta introduzir uma ração extrusada pra elas dar só sementes não e bom como você da sementes e verdura introduza mais essa na alimentação delas eu indico a da alcon muito boa blz.....
  10. 2 points
    Separe rápido! Parentes não podem reproduzir! Os filhotes podem nacer com serio problemas de saude. cloque Prata e Penelope juntos. E se os filhotes começarem a cruzar, os separe também. Espero que tenha ajudado! Boa sorte colega!
  11. 2 points
    Filhotes tendem a sofrer muito com esse frio ainda mais nas regioes mais frias como são paulo rio grande do sul etc... dai e bom colocar em uma caixa com uma lampada pelo menos a noite pra aquecelos calopsitas que ficam sozinhas principalmente a lampada vai aquecer dentro da caixa deixando ela mais confortavel com esse frio blz pessoal.... e facil de fazer ok.... De dia procure o local mais quente da casa pra deixar ela blz.....
  12. 2 points
    Esse é o menino, desde bem pequenininho (está com dois meses) tem esse “costume” de quando está comigo dorme “deitadinho” no meu peito, quando está na gaiola dorme normal no poleiro, faz isso só quando está deitado em mim... é normal?
  13. 2 points
    Olá Sarah. O millet nada mais é do que o painço, tão comum nas nossas misturas de sementes, só que na própria espiga. Realmente não é tão comum a venda no Brasil, mas com algum empenho pode-se encontrar em lojas grandes, se bem que nem sempre há em estoque. Boa sorte. Abraços.
  14. 2 points
    Olá! Na Maria calopsita vc deve encontrar, lá tem de tudo.
  15. 2 points
    Realmente é bem mais barata, ainda mais se pensarmos que vem numa embalagem de 500g, enquanto a da Nutrópica é de 300g. O aspecto visual da ração é bem semelhante, mas notei que os grânulos dessa da Sellecta são menos rígidos. Quanto aos nutrientes, tem mais proteína e fibra, e menos extrato etéreo que a da Nutrópica. O enriquecimento vitamínico tem algumas diferenças também, mas, aos meus olhos de leigo, parece bom. Outra coisa muito interessante é que as calopsitas aqui em casa gostaram bastante e se adaptaram logo. Acredito que a troca não planejada tenha valido a pena.
  16. 2 points
    Boa tarde! Passando agora para agradecer,e dar noticias do bb. Nasceu em 09/04 e depois de muita luta está já se alimentando com sementes. Como algumas eram muito grandes e ele ainda tinha dificuldades,fiz minha mistura para BBB levando em conta as dicas do @Nascimento sobre alimentação.Aos poucos introduzo as maiores. @phropelato e @Sam Otsugua e @NascimentoObrigada pela ajuda Segue foto do bb hoje.Ainda não sei direito sobre genética
  17. 2 points
    Vocês tem que ter paciência, deixe o ninho com maravalha e esperar a natureza agir .
  18. 2 points
    @Beatrizcalops parabéns você é mãe de 2 meninas hehehehe, brincadeira não fique chateada pois são muito bonitanas suas calopsitas. Falo isso porque a cara da sua calopsita perola ainda é toda pintada e ela é muito perolada, os macho vão perdendo o perolado e o rostinho ficando amarelo quando é cara amarela e vai fiicando branca quando é cara branca. Porém se não mudar na proxima troca de penas são 2 fêmeas mesmo, o @Lucas carlos postou uma foto bem interessante e verdadeira, o meu macho perola cinza era bem perolado já esta quase todo cinza escuro tipo um de mutação silvestre. Clica na foto do meu perfil, depois na foto de fundo que aparece as calopsitas, você verá um casal a minha fêmea Lutino e meu macho Perola cara amarela ele deve estar com uns 8 meses mais ou menos meu macho, minha fêmea não sei ao certo pois encontrei ela na casa que vou mudar, mais chuto no máximo um ano e meio.
  19. 2 points
    Após 7 dias,faça uma ovoscopia para ver se está galado,e mais 7 dias depois,faça novamente uma ovoscopia,aqui a tabela para ajudar Nesse período,vc tem que dar uma alimentação rica em nutrientes para os pais(deixe uma farinhada e osso de siba)e após os filhotes nascerem,todo dia no mesmo horário(para não estressa-los)verifique como estão os filhotes,se os pais ñ tiverem cuidando(se sim,separe os dos pais com 25 dias)alimentes eles com papinha(tipo a Alcon)até os 45 dias,depois tente coloquar novos alimentos para experimentar,amansa eles e treine eles para o poleiro e a gaiola,depois de serem amansados,comerem uma alimentação adulta e já tiverem acostumando com a gaiola e poleiro,vc pode doa-los ou ficar com eles,essa é escolha sua
  20. 2 points
    Boa Noite! Tenho uma calopsita, pouco mais de 1 ano. Os pais são Albinos de olhos vermelhos, todos os 3 filhotes nasceram brancos e com olhos vermelhos. Porém um deles, está ficando com a penagem escura, não começou agora, porém esta ficando mais escura a cada tempo. Gostaria de saber se vocês sabem o que pode ser, falta de nutrientes, alimentação, agua, mutação... Antes que perguntem: não começou agora, tenho notado desde quando ele tinha 5 meses que começou a ficar diferente. Ele é ativo, canta dia todo, come, toma banho, dorme bem e mantém o peso em cerca de 90 a 100 gramas.
  21. 2 points
    Boa tarde! Graças à Deus encontrei ela ! No outro dia recebi uma ligação da pessoa que encontrou e me devolveu!
  22. 2 points
    Ela esta melhorando. Era falta de cálcio e ele acha q pode ter um problema non figado tbm. Injetou cálcio nela, passou antibiótico e um remédio para o figado. Tirou uma Raio X e vou q os ossos estão bem. Passou alguns suplementos. Disse q vai ficar tudo bem!! Graças a Deus. Obrigado a vc e a todos q ajudaram e se preocuparam com a Luna. Abs
  23. 2 points
  24. 2 points
    Bom dia! Resgatei uma calopsita há dois meses. Ela está saudável e já a levei ao veterinário. Bastante mansa, vive solta. Infelizmente moro em apartamento e trabalho o dia inteiro, por isso não acho justo mantê-la comigo sem que ela possa ter uma vida plenamente feliz. Procuro um criador responsável, carinhoso e que a mantenha solta e feliz. Contato: alinessobral@hotmail.com
  25. 2 points
    Não existe regra. Cada um tem sua personalidade. Se sua ave já era adulta e arisca, vai ser difícil amansar
  26. 2 points
    - Alimentação reforçada meses antes (o que suas aves comem?) - Reprodução com intervalos de no mínimo 3 ou 4 meses de cada postura. - Ambiente tranquilo, sem movimentação, barulho ou incomodo de NINGUÉM. - Não parentesco entre as aves - Tamanho adequado do ninho (40x20x20, pelo menos) - Idade adequada do casal - Paciência Regras básicas.
  27. 2 points
    Sim, claro. Se ambos forem realmente lutino, e ambos são cara branca... Eles vão ter basicamente SÓ filhotes branquinhos kkkk Na verdade as fêmeas vão ter canela tb (igual o pai) e os machos não. Isso considerando que a sua fêmea não tenha arlequim, pq aí nascem arlequins.
  28. 2 points
    O fato dele não ter os olhos vermelhos não tem nada a ver, qualquer mutação pode portar lutino e ter o olho escuro. Pra ele portar lutino o pai dele teria que ser ou portar lutino ou a mãe ser lutino (fêmeas não portam lutino) Sim, mesmo portando canela ele pode portar lutino, eu tenho um silvestre que porta lutino, canela, pérola e arlequim. rs
  29. 2 points
    Você vai tirar lutino cara branca só se o macho portar lutino.
  30. 2 points
    Como tem muita gente que na época do inverno fica com duvidas de como cuidar da calopsita vou colocar aqui umas dicas: Para calopsita que ficam dentro de casa: - Se cobrir a gaiola/viveiro com um pano mais grossinho já é suficiente, as penas das calopsitas foram feitas para aquecer elas no inverno, mas elas não são eficientes se tem alguma corrente de ar pq o vento passa através das penas. Cobrindo a gaiola o vento não ira atrapalhar elas.. Lembrando de deixar uma fresta para o ar entrar. Para calopsitas que ficam fora da casa (varanda, viveiro externo, etc): - Cobrir a gaiola/viveiro com um plastico grosso transparente ou uma lona colorida (o plastico transparente é bom que você pode usar de dia se necessário). Na parte externa da casa o vento é mais forte e é melhor se prevenir com o vento usando um plastico ou lona para barrar ele. Lembrando também que precisa deixar uma fresta para o ar passar.. *Esses cuidados são para a noite quando a temperatura cai e os ventos são mais gelados, mas se estiver ventando muito de manhã ou de tarde é uma boa proteger as calopsitas com um plastico grosso e transparente (assim elas não pensam q esta de noite).. Isso para as calopsitas q ficam foram da casa as que ficam dentro geralmente ja estão protegidas pelas paredes da casa... Sobre o banho: -Tanto para as calopsitas dentro e fora da casa.. Evitar colocar as banheirinhas, mas pode colocar nos dias mais quentes próximo do meio dia quando o sol esta mais forte e mais calor... Apesar que quando elas colocam na cabeça que querem tomar o banho elas entram no bebedouro, hihihihi... -Se ocorrer isso pode e for próximo da noite ou estiver muito frio, você pode secar ela usando um secador no MAIS FRACO a uma distancia boa (NÃO COLOCAR PERTO DELAS) e num lugar protegido do vento.. Seque ela e espere um pouco para colocar ela na gaiola/viveiro para não dar o choque térmico, vai deixando entrar o ar gelado aonde você esta aos poucos... Sobre a alimentação: -Tanto para as calopsitas dentro e fora da casa.. Tem pessoas que aumentam o fornecimento dos alimentos para as calopsitas no inverno por conta delas usarem mais energia para se aquecerem.. É uma ideia valida, mas tudo tem que ser sem EXCESSOS... Doenças: -É uma época em que as calopsitas ficam com a imunidade mais baixa e podem apresentar sintomas de alguma doença que ela ja tenha... É uma boa ficar de olho na sua calopsita e se você acompanha a saúde dela é uma ótima época para refazer os exames de saúde.. NÃO precisar dar vitaminas, somente se o veterinário que dela indicar...
  31. 2 points
    Tenho que admitir que já me arrependi e às vezes me arrependo até hj... Antes de comprar minha primeira calopsita, eu já tinha alguns periquitos... eu não cuidava direito, só comiam paínço, pão, água e gaiola suja etc. Aí passei em um pet shop pra comprar outro periquito kkk E vi as calopsitas lá. Daí perguntei o preço e tals. Fiquei apaixonado! Eram grandes, nunca tinha visto kkk Até que eles me mostraram um filhote... Aí ao invés de chegar com o periquito apareci com aquele bixinho pelado fazendo um barulho com um OLHO vermelho arregalado... Minha mãe quando viu quase me expulsou de casa kkk Aí levei ela de volta, mas todos os dias ia ver ela lá. Quando fez 30 dias meu pai apareceu com ela já dando gritos... Passou um tempo e eu sem conhecimento, deixava a gaiola com ela e os periquitos numa janela tomando vento e chuva. Aí vieram os problemas, pânico noturno, peito seco, e ovos (comprei como macho). E assim foi.... Mas aí comecei a pequisas e não parei, troquei a alimentação etc... Antes reclamavam por falta de cuidados, agora é por excesso. Só de lembrar o que eles já passaram nas minhas mãos kkkk Mas agora as consequências: Não saio de casa, porque só eu cuido, e tenho a impressão que ninguém cuida igual a mim, e tenho uma maritaca abençoada que belisca até o vento, deixo de fazer trabalhos escolares porque não gosto de deixar eles "sujos" o dia todo.(estudo de manhã e faço a limpeza depois da aula).
  32. 2 points
    Bom dia amigos do clube! Na véspera de Natal apareceu uma calopsita na sacada do meu vizinho e ele nos chamou para pegar, pois tem medo de pássaros. Desde então estamos com ela, é uma linda, bem mansinha, adora carinho. Infelizmente nos ausentamos muito de casa e ela tem ficado bastante sozinha. Faço essa doação com dor no coração e gostaria de encontrar alguém que queira criá-la solta, hoje ela fica pela casa toda e se tiver outra calopsita melhor ainda, assim ela terá companhia. Se puderem incluir fotos do local e das outras calopsitas que tem agradeço. Muito obrigada e um grande abraço.
  33. 2 points
    Que bom. Já aconteceu comigo, um biólogo me ensinou a tirar com um palito de dente, tem que tirar aquela ponta primeiro. Uma outra dica seria usar aquelas bombinhas para limpar nariz de bebe. Elas iriam sugar a semente sem correr o risco de machucar a ave.
  34. 2 points
    @BrunaJR eu uso essa receita como base... Biscoito de calos 1 Espiga de milho fresca, ralada (use a parte grossa do ralador) 1 ovo de codorna ou 1/2 ovo de galinha 1 colher de sopa bem cheia de farinhada industrializada 1 colher de café de bicarbonato de sódio 1 colher de chá de suco de limão ou laranja Gergelim e um pouco de mel (opcional) Junte o ovo, o bicarbonato, o milho e a farinhada (se quiser pode colocar um pouquinho de mel e gergelim). Mexa bem com a colher até formar uma pasta homogênea. Se estiver muito mole (não pode escorrer), acrescente mais farinhada. Por último, acrescente o suco de limão ou laranja e mexa bem. (o bicarbonato e o suco formam um fermento. Se quiser deixar fora, tudo bem, o biscoito vai ficar menos macio) Unte uma forma com pouquíssimo óleo de soja (NADA de manteiga ou margarina) experimente umedecer um guardanapo com um pouco de óleo e passar. Polvilhe farinhada e bata para tirar o excesso. Coloque colheiradas da mistura na forma, para formar biscoitos. Deixe espaço entre eles. Pré-aqueça o forno e asse em fogo médio. Não dá para definir um tempo exato. De 5 em 5 minutos observe os biscoitos. Eles devem ficar macios no meio e crocantes em baixo, com aparência levemente tostada na parte que ficou em contato com a forma.
  35. 2 points
    Prezados leitores e amigos! Como sempre ao longo destes anos estou de volta! Já digo que estou empolgado hoje e o tema é extremamente polêmico. Já deixo os meus agradecimentos à diretoria do Clube de Volta Redonda pelo convite da palestra e para o Clube 3C e ACCN pelo convite para integrar a Revista Anual. Sem esquecer o Ademir nosso editor que me atura até hoje. Chega de puxação de saco e vamos para o artigo de hoje! Então se acomodem e boa leitura. Vejo inúmeros criadores repudiarem o uso de sementes e outros que não a trocam por nada. Afinal quem está certo ou errado na história?! Lembro de minha infância quando meu avo tinha algumas aves em casa. Tinha melro, papagaio, cúrio e por aí vai e lembro que eles comiam de tudo menos ração até porque não existiam na época e viviam uma eternidade.. morriam de velhice e as sementes não tinham o menor controle de nada. O que mudou!? Vejo aves morrerem tão jovens. Existem veterinários que se omitem, tem veterinários patrocinados e tem veterinários como eu que vai pra ´´guerra´´. Eu falo, mas falo consciente e embasado em mais de 8 anos de estudo e se gera o incomodo de grandes pessoas é porque tenho razão nos meus artigos.. então doa a quem doer eu escrevo. O uso de sementes na alimentação de aves vem de longa data. É uma cultura disseminada e será que está errada há milênios?! A muito esperava a oportunidade de poder desenvolver uma marca de sementes ao meu modo e essa oportunidade veio com a Birdmix. Uma empresa nova aqui do RJ que me convidou para participar dessa jornada. Hoje eu digo que é uma excelente marca; existem outras marcas de qualidade no mercado que cumprem algumas exigências By Felipe Bath como a Zoofood. Toda mistura de sementes deve ser limpa e isso se consegue com sopradores que removem as cascas e impurezas. Outro fator seria a qualidade da embalagem que algumas deixam a desejar, mas que de maneira geral são boas. E o principal seria a irradiação UV nestas sementes visando eliminar ou diminuir a carga microbiana. Ora, mas vocês vão me falar que com o uso de ração sua ave esta livre de toxinas e tal, mas na verdade os riscos são os mesmos. Depende da qualidade dos insumos primários ate porque as toxinas fúngicas em sua maioria não são termolábeis, ou seja, não são destruídas com o emprego do calor. Vejo inúmeros criadores usando adsorventes de micotoxinas livremente pensando que é a melhor coisa do mundo. Mas vou contar uma historinha. O uso de adsorventes e não absorventes como muitos falam deve ser usado com cautela durante um período específico e não como uso rotineiro. Por que disso!? Pelo simples motivo que com o uso contínuo desses fármacos temos o comprometimento da absorção de micronutrientes como zinco, cobalto, selênio, etc.. e aí vem o relato de inúmeros criadores que as aves não aprontam, macho não gala, não enche ovo e por aí os inúmeros problemas reprodutivos. Soma-se a isso o erro crucial de se usar suplementos reprodutivos na água de beber. Nunca vi vitamina lipossolúvel (Vitamina ADE) ser usada na água . mas enfim.. cada um tem o veterinário que merece. Todo e qualquer suplemento que possua. ADE deve ser usado na comida apesar da bula muitas vezes dizer ao contrário. Outro tópico polêmico é que se não consegue equilibrar uma mistura de sementes uma vez que a ave comerá o que ela mais gostar, mas no fundo depende do tempo de exposição e da quantidade administrada por dia. Com certeza a ave come as sementes. Claro que depende de algumas situações como muda de bico onde ela irá preferir as sementes mais macias e irá se alimentar. E com as rações!? Apesar de cada grão/partícula de ração ser teoricamente igual sempre há desperdício assim como nas sementes e quando a ave esta em muda de bico o que fará?! Ate porque o índice de fibras é mais elevado e a extrusada tem menos teor de água. Aí decorre em outro problema você vê a ave levar a ração para o pote de água e molhar para amolecer e poder comer; o que suja a água de beber. Lógico que outros fatores a fazem fazer isso como a pivite que é resultado de uma alimentação dura demais para a ave em questão.. vocês já leram esse artigo aqui. Outro fato interessante é que a ave realmente come as sementes sem nenhum artifício de fabricação, como o uso de aditivos ou pigmentantes e por fim não há necessidade de conservantes ou estabilizantes ou antioxidantes como temos em algumas extrusadas. Defendo o uso de sementes. É uma coisa natural. A anatomia do bico da grande maioria das aves foi feito para isso. Basta observar o que essas comem na natureza. Cúrio, bicudo e coleiro comem sementes por natureza. Trinca ferro, sabia, melro são insetívoros/frugivoros por aptidão. Olha a diferença no bico! O erro no manejo nutricional faz com que surgem problemas de cativeiro como a já falada pivite. Então Dr. Felipe toda ave come sementes!? Claro que não.. depende de cada ave e você deve respeitar e conhecer melhor sobre a espécie que possui. O Dr. só usa sementes na dieta das aves?! Também não. Tento mesclar com o uso de extrusadas na medida do possível. Afinal ninguém quer uma ave na gaiola. As pessoas querem super aves de torneio ou super galadores e cantores e confesso que as sementes são pobres em nutrientes e as extrusadas entram neste sentido de somar forças. Então por que não usar somente extrusada já que é mais rica em nutrientes e equilibrada!? Justamente pelos motivos apresentados e pelo simples fato da ambiência da ave. A ave não come extrusada na natureza. Então meus amigos tentem equilibrar e usem o bom senso na alimentação de suas aves. Consulte sempre o seu veterinário especializado. Eu continuo na Birdmix e deixo o pensamento do dia:´´ A duvida é o princípio da sabedoria´´. Pensem nisso e até a próxima. Dr. Felipe Victório de Castro Bath Médico Veterinário CRMV-RJ 8772 Especialista em Biologia, Manejo e Medicina da Conservação dos Animais Selvagens Mestre em Microbiologia Veterinária pela UFRRJ Tel.: (21) 8101-4122/ (21) 7879-5270 / ID.:10*96860 (21) 2278-6652 / (21) 3234-1775
  36. 2 points
    É muito comum encontrar pessoas que fornecem às suas aves café, pão, fubá, sementes de girassol, doces ou somente frutas. Não é preciso ser um especialista para saber que essa alimentação é incorreta e trará sérios prejuízos à saúde da pobre ave de estimação.Infelizmente, grande parte das aves tratada em clínicas veterinárias apresentam alguma patologia decorrente da desnutrição. Podemos citar as doenças respiratórias e renais decorrentes da hipovitaminose-A (deficiência de vitamina A), o raquitismo (em decorrência da falta de cálcio e vitamina D), mau empenamento, emagrecimento, obesidade, distúrbios e tumores hepáticos, distocia, infecções, parasitismo e tantos outros problemas diretos ou indiretos.Sabe-se que sementes de girassol e amendoim são normalmente contaminadas com aflatoxinas, ou seja, toxinas produzidas por fungos que crescem naturalmente nas sementes. Em longo prazo, as aflatoxinas podem causar degeneração e mesmo tumores no fígado. Além disso, essas sementes são ricas em gordura, que podem levar ao aparecimento de aterosclerose, ou seja, a deposição de colesterol nos vasos do coração. Outros alimentos usualmente fornecidos principalmente aos papagaios são pobres em nutrientes. É o caso das frutas, que têm algumas vitaminas, mas são pobres em proteínas, gorduras e outros nutrientes essenciais. O pão e fubá são alimentos ricos em carboidratos (energéticos), mas pobres em nutrientes essências para o crescimento da ave. Filhotes criados com fubá não crescem satisfatoriamente e podem morrer logo nas primeiras semanas de vida.Então, o que devemos fornecer para os pássaros em cativeiro?Na natureza, a alimentação dessas aves é diversificada e balanceada naturalmente. Para resolver esse problema, surgiram as rações balanceadas para psitacídeos e passeriformes, que vêm prontas para uso. A ração peletizada ou extrusada pode ser comparada em seu formato e facilidade de uso às rações para cães, gatos e outros animais domésticos .A ração extrusada possue alta digestibilidade que atende totalmente às exigências nutricionais de pássaros como Diamante de Gould, Mandarin, Manon, Calafate, papagaios, calopsitas, periquitos australianos, entre outros, podendo perfazer 100 % de sua alimentação. Contêm Prebiótico que promove o crescimento seletivo de bactérias benéficas presentes nos intestinos, diminuindo por competição os microorganismos patogênicos e prevenindo infecções intestinais. Seu uso evita problemas nutricionais, como excesso de gordura e deficiência de vitaminas, freqüentes nas dietas à base de sementes. Elaborada com ingredientes selecionados, vitaminas e minerais de alta qualidade, esta alimentação apresenta as cores, textura e aroma mais agradáveis aos pássaros. Proporciona considerável economia, já que o consumo é cerca de 30 a 40 % menor que o volume de sementes que seriam utilizadas, em função das cascas e do desperdício de sementes pelos pássaros.Jacqueline CremonezeMédica VeterináriaCRMV-SP21312
  37. 2 points
    Gentilmente enviado pela nossa usuária Chris: SOBRE REPRODUÇAO DAS CALOPSITAS As calopsitas se reproduzem em média a partir de 1 ano, podendo ser 10 meses (não recomendado). Se o Casal estiver saudável e na idade reprodutiva, após formarem casal e colocado o ninho, deverão levar de 7 a 15 dias para começar a botar os ovos. Colocam de 4 a 7 ovos em média, dia sim, dia não (dias alternados). O ideal é reproduzir os casais separadamente, não em viveiros comunitários. Na fase reprodutiva, mesmo calopsitas mansas se tornam mais agressivas. Os machos param de cantar, pois na natureza o canto atrai predadores. No período reprodutivo deixe seu casal na gaiola, evite manter solto, pois isso tira a atenção deles para os ovos. Se suas calopsitas fora da fase reprodutiva (ainda filhotes) cruzam, isso é normal – eles ainda não fazem bebês, por isso não coloque ninho antes da idade certa. O pai e a mãe chocam os ovos se revezando no ninho e às vezes até juntos. Quem verifica se o ninho está adequado é o macho. Forre o ninho com maravalha ou floco higiênico, para evitar quebrar os ovos e evitar que os filhotes nascidos fiquem com problemas articulares por não poderem se apoiar bem. O nascimento acontece de 17 a 22 dias para cada ovo. Se não nascerem nesse prazo, aguarde mais 5 dias para cada ovo, antes de descartar. Deixe sempre uma banheira com água limpa e fresca no fundo da gaiola. A fêmea precisa da água e da umidade para botar seus ovos e amaciar a casca para os filhotes nascerem. Os filhotes nascem em dias alternados ou seguidos, depende da experiência do casal em chocar. O pai e a mãe alimentam os filhotes. Nessa fase é muito importante ter muita comida disponível, pois os pais ficam nervosos se não se sentem seguros de que haverá alimento bastante para seus filhotes. Ofereça sementes, milho verde na espiga, couve, cenoura ralada, farinhada de ovo ou ovo cozido. Alimentos não industrializados devem ser retirados no mesmo dia. Os filhotes abrem os olhos por volta de 10 dias de vida. Podem ser pretos ou vermelhos, de acordo com a mutação (cor) do filhote. Nesses 10 primeiros dias evite mexer no ninho. Após isso, com cuidado para os pais não fugirem, pode olhar os filhotes, pegar com cuidado, trocar a maravalha quando necessário. No início os pais ficam nervosos, mas quando percebem que você sempre traz de volta os filhotes em segurança, acabam acostumando com a ajuda. Para amansar os filhotes sem precisar dar papinha (que é contra-indicado, pois diminui a imunidade dos filhotes – e só deve ser usada em filhotes abandonados ou doentes) – é só ir, a partir de 15 dias, pegando os filhotes (2 de cada vez), com muito cuidado, colocar eles um potinho forrado com pano macio ou papel higiênico – leve ele para perto de você por alguns minutos. Faça um carinho suave. Fale com a voz bem calma, não faça movimentos bruscos. Comece com 10 minutos. Eles ainda não podem ficar longe dos pais por muito tempo. Aos poucos aumente o tempo com eles, e quando forem emplumando, faça carinho no topete, nas costas. Por volta de 30 dias, comece a colocar ele no seu dedo (encaixe os pezinhos dele nos seus dedos, de frente para você, em um lugar macio, onde, se ele cair, caia em cima de um sofá ou cama). Assim estará amansando sem precisar tirar dos pais para alimentar. Ele estará se acostumando ao movimento da casa, aos novos sons, aos seus gestos e voz. Com o tempo perderá o medo. Nunca fique mais que 30 minutos, para os pais não ficarem nervosos. As calopsitas se reproduzem na época das chuvas, e costumam ter 2 ninhadas ao ano. Em cativeiro podem ter mais, porém isso não é bom. Se você quiser uma segunda ninhada, aguarde um pouco, pois assim que os filhotes estiverem emplumando os pais começam a cruzar de novo. Nessa hora coloque os filhotes num pote de plástico baixinho, forrado com maravalha ou papel absorvente (higiênico ou de fritura), no fundo da gaiola. Os pais vão continuar alimentando eles e cuidarão da próxima ninhada. Enquanto isso os bebês devem aprendem a comer, para isso coloque potes rasos com comida e água no fundo da gaiola, que o pai ensinará eles a comerem. Assim que estiverem comendo sozinhos, separe eles dos pais em outra gaiola. SE NÃO QUISER UMA SEGUNDA NINHADA: com 21 dias TIRE O NINHO e coloque os filhotes no pote raso no fundo da gaiola, e siga o mesmo procedimento descrito acima. Os pais vão acabar de cuidar deles e devem parar a reprodução. Oba.: Use essa tabela em todas as ninhadas. Você verá que vai traçar um perfil do seu casal, e se acostumar aos padrões deles. Essas anotações têm me ajudado a melhorar a qualidade da reprodução das minhas calopsitas. BOA SORTE PARA TODOS (Ana Christina Macedo Flores)
  38. 2 points
    Como calcular as mutações.Antes de continuar lendo esse tópico, leia o artigo do Marcus Maia http://forum.clubedascalopsitas.com.br/topic/23-genética-para-iniciantes-marcus-maia/ Vamos começar pelo sexo ligadoAs Calopsitas* têm 39 pares de cromossomo sendo 38 pares autossomos (que são pares pareados, bem semelhantes) e 1 par sexual (não pareados).*considerando uma ave (galo) essa é a quantidade de cromossomos quando pesquisamos sobre quantidade em aves, não tenho certeza se a calopsita tem a mesma quantidade, mas dá pra entender mesmo assim.Quando falamos em sexo ligado estamos nos referindo às mutações que ocorrem no par de cromossomos sexual (que define o sexo), as outras mutações ocorrem em qualquer par autossomo.Os pares dos filhotes são herdados metade do pai e metade da mãe, esses cromossomos contem genes que por sua vez definem como será a aparência (Fenótipo) do filhote.O macho possui um par de cromossomos XX, a fêmea possui XY sendo o cromossomo doado pela fêmea que define o sexo.As mutações sexo ligadas são recessivas, ou seja, os genes precisam estar presentes nos dois cromossomos que formam o par, para que a mutação apareça no FENÓTIPO, pois as mutações dominantes (exemplo a silvestre) só precisam estar presentes em um cromossomo para aparecer no fenótipo, sobressaindo às mutações recessivas, porem no caso das fêmeas ocorre algo diferente, o cromossomo Y é curto para portar qual quer mutação, como no caso o cromossomo X será herdado do pai, qualquer gene herdado dele será manifesto no fenótipo da filha, por isso só os machos podem portar as mutações e as fêmeas não.OBS:No caso de fêmeas nas mutações sexo ligadas o que vemos é o que temos.Vou me atentar apenas as mutações comuns aqui no Brasil.Vou usar uma legenda para começar a calcular as mutações.Canela ©Perola (p)Lutino (l)Cromossomos X E YQuando vemos um macho canela, sabendo que para se manifestar uma mutação recessiva o gene canela tem que aparecer nos dois cromossomos do par, então escrevemos assim.Xc XcUma fêmea lutino, sabendo que o Y é curto para portar mutações, escrevemos assimXlY1ª Geração (filhotes)Cada Pai vai doar um de seus cromossomos para cada filhote, sabendo que temos 50% de chances de Macho e 50% de Fêmeas, e que as probabilidades incidem 100% em cada ovo.calculamos assim: Pai XcXc e Mãe XlY cada um doa seu cromossomo:Xc do pai e Xl da Mãe ficando assimXcXlXc do Pai e Y da MãeXcYXc do pai e Xl da MãeXcXLXc do Pai e Y da MãeXcYteremosMachos100% será cinza silvestre, pois nenhum gene se repetiu em nenhum par de cromossomos, então somente o silvestre que é dominante e manifesta no fenótipo, porem ele porta os genes canela e lutino em seu cromossomo.Fêmeas100% será Canela, pois seu outro cromossomo Y não porta nenhuma mutação capaz de sobressair a que foi doada pelo macho.OBS: neste caso sabemos o sexo dos filhotes somente pela cor2ª GeraçãoVamos Pegar um filhote macho do casal acima XcXl cinza silvestre portador de canela no X1 e lutino no X2 e cruzar com uma fêmea XlpY Lutino perola Pai XcXl e Mãe XlpY cada um doa seu cromossomo:Xc do pai e Xlp da Mãe ficando assimXcXlpXc do Pai e Y da MãeXcYXl do pai e Xlp da MãeXlXlpXl do Pai e Y da MãeXlYVamos láMachos50% será cinza silvestre, pois nenhum gene se repetiu em nenhum par de cromossomos, então somente o silvestre que é dominante e manifesta no fenótipo, porem ele porta os genes canela e lutino e perola em seu cromossomo.50% será lutinos portadores de perola em seus cromossomos X2Fêmeas50% será Canela, pois seu outro cromossomo Y não porta nenhuma mutação capaz de sobressair a que foi doada pelo macho50% será lutino, pois seu outro cromossomo Y não porta nenhuma mutação capaz de sobressair a que foi doada pelo machoOBS: neste caso não sabemos o sexo dos filhotes somente pela cor.Espero que isso possa ajudar, depois posto como calcular com mutaçoes recessivas autossômica exemplo cara branca e arlequim. *texto original do @Viniruiz
  39. 1 point
    Arlequins não tem como saber o sexo só olhando. Mas se a vendedora disse que já estava acasalando eu acredito que seja uma fêmea.
  40. 1 point
    Kkkkkkkkkkkkk que fofos
  41. 1 point
    Eu havia adquirido uma calopsita a 3 anos atrás e logo depois ganhei uma calopsita pra cuidar, o outro que eu ganhei ele é macho, não fiz a sexagem mas pelas características tem tudo pra ser , e o meu que eu comprei achei que era fêmea porém quando coloco o ninho um fica tentando acasalar no outro, ou seja 2 machos, daí recentemente comprei 1 fêmea, e quando coloquei pra formar casal com um dos dois, os dois machos não se desgrudam ou seja, entendem que são casal, e deixando a fêmea de lado.
  42. 1 point
    Super normal! Deixe eles relaxados e não estresse eles. Com o tempo se acostumam com vc.
  43. 1 point
    todos os filhotes canelas que nascerem sendo que a mãe não é canela serão fêmeas
  44. 1 point
    O meu filhote tem 17 dias. Crio ele na papa desde os 3 ou 4 dias de vida dele porque os pais pararam de cuidar. Dou 5 ml da papa alcon a cada 4 ou 5 horas. Eu tenho pesquisado e vi que meu filhote aparenta ser bem magro. Ele não tem aquela bundinha gorda e da pra sentir alguns ossos dele. Estou bem preocupada. Além de que não nasceram muitas penas ainda, o que me faz pensar que seu desenvolvimento é atrasado. mas acho que é porque crio na papa né? Nos dias anteriores fez mais frio e me esforcei para mantê-lo quente, não sei se por isso ele emagreceu tanto. O que eu faço? Tem algo para dar a ele? Tenho que levar ao veterinário urgentemente? Me ajudem por favor, tenho medo de perder ele.
  45. 1 point
    Na primeira como ele tá com o papo cheio ainda coloca as duas gotinhas de vinagre direto no papo pra ajudar descer essa papa velha ai dai as outras duas vezes coloca na papa blz...
  46. 1 point
    Sinto muito. Calopsitas são extremamente dóceis. Mesmo quando brigam entre si, costumam fazer só escândalo. Precisaria estar muito estressada para chegar a machucar outra ave.Não são territorialistas e se dão muito bem com outras aves. Se tivessem brigado a esse ponto, haveria lesões visíveis no corpo do canário. Pode ser que o canário tenha se assustado e teve uma parada cardíaca. Difícil dizer. Não creio que a calopsita tenha feito algo de errado. Mais uma,vez, sinto muito por sua perda.
  47. 1 point
    Aqui estão minhas fofuras: Loli e Tico!
  48. 1 point
    Outro dia comprei minha sexta calopsita, vou falar como a acostumei: Primeiro dia não deve pega-lá, segundo tente pegar no máximo 3 vezes por 7 a 10 minutos. E assim por diante, vá aumentando 3 minutos, 5 minutos por vez, e também a quantidade de vezes! A minha em menos de 1 semana se acostumou comigo e com a casa! Espero que tenha ajudado! Boa sorte colega!
  49. 1 point
    ALIMENTOS QUE AS PESSOAS COSTUMAM DAR, MAS NÃO SÃO SAUDÁVEIS: BOLOS; BOLACHAS; PÃO; MACARRÃO DOCES; ALFACE (pode dar diarréia) Sua ave nao vai morrer se der uma bicada nesses alimentos, mas a farinha das massas e a alface nao fazem bem ao intestino da ave.
  50. 1 point
    Essa galera sabe tudo!! To sempre aprendendo aqui. Ao meu ver o pessoal já disse tudo. Continue observando. Se preocupe se tiver secreção ou se a ave ficar ofegante.
This leaderboard is set to Sao Paulo/GMT-02:00