Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 05/24/2019 in all areas

  1. 3 points
    @VanessaHollier citou uma coisa importante em outro tópico. Nós compramos as aves dessas casas de rações achando que estamos salvando-as, mas na verdade estamos motivando a venda desses animais naquelas condições horríveis. Eles ficam anos e anos naquelas gaiolas, até alguém comprar (nem sempre as pessoas que compram, cuidam como se deve).Pensando bem comprar em agropecuárias é quase como comprar aves nativas ilegais, estamos movimentado um tipo de tráfico de animais, mesmo não sendo nativas daqui. O ideal é comprarmos de criadores.
  2. 2 points
    Cobasi (frete mais barato), terra dos pássaros (melhor site, porém frete lá em cima). Entrega como qlqr encomenda.
  3. 2 points
    Não tem jeito, só veterinário, procure algum urgentemente em alguma cidade vizinha.
  4. 2 points
    Eu gosto de nome de comida, apesar de não ter colocado nome nos meus passarinhos (só tem um que chama Chico pq uma vizinha minha chamou ele assim e pegou), se um dia eu for colocar vai ser tudo comida: Farofa, Fubá, Pipoca... rs
  5. 2 points
    Durante a muda o comportamento das aves pode mudar ou não, umas continuam com vivacidade, cantam (depende da espécie também), enquanto outras ficam mais quietas e paradas nesse período. Uma das coisas que pode te ajudar nessa época é a alimentação reforçada, com uso da farinhada (a base ovos é uma boa opção), frutas, legumes, milho verde cozido, etc. Isso ajuda elas a se manterem fortes pra passar por esse processo, que dependendo do caso, pode ser muito exaustivo. Seja bem-vinda ao clube!
  6. 2 points
    Se ela é de 2007 mesmo, a idade pode ser o motivo. Doze anos é uma idade considerável. Ou então vc quis dizer 2017... Todas as minhas fêmeas são mais dorminhocas que os machos. Todas elas ficam mais paradas, de vez em quando dormem de dia, mas não o tempo todo e raramente ficam com a cabeça embaixo da asa, só fecham os olhos e ficam lá morcegando. Quando você para pra observar mais tempo é que vc vê que são vários cochilos e não um sono contínuo. Elas param um tempo, dormem, acordam e descem pra comer, mudam de poleiro, dormem mais... Acho que se for assim, é normal. As minhas, pelo menos, são assim e estão saudáveis. A minha primeira fêmea era muito ativa, então quando eu fui adquirindo as outras, sempre achava que estavam com alguma doença por serem mais paradonas, levava no vet e tal. Com o tempo eu vi que era o comportamento normal delas.
  7. 2 points
    Nunca ouvi falar sobre esta marca. Deve ser nova. Imagino que dificilmente uma empresa lançaria um produto "ruim",pois há fiscalização e muita responsabilidade envolvida (ou pelo menos deveria haver). Pode ser que não seja o melhor produto, mas para afirmar que não é bom precisamos de elementos objetivos...tipo...há alguma reclamação nos órgãos competentes? Tem o nome dos responsáveis técnicos pelo produto na embalagem? Os ingredientes são similares aos usados por outras marcas conhecidas? É muito mais barata que outras marcas?Mas quem dará a palavra final é sua ave....se ela não gostar do produto, mesmo após um período de adaptação, não adianta insistir. Na dúvida, opte pelas marcas já estabelecidas.
  8. 2 points
    Calopsita solta pela casa bicando tudo, inclusive rejunte, é se arriscar em deixarem se intoxicar Qnt tempo tem q vc comprou? TD animal adquirido tem q passar por exames básicos de saúde. Principalmente esses comprovados nessas casas. Aproveite pra ler esses tópicos
  9. 2 points
    Estes dias os meus tiveram pânico noturno, e é difícil até mesmo saber o que os assustou. Deixei a luz do corredor acesa, para que eles não fiquem na total escuridão mas também não fiquem em local totalmente iluminado. Isto costuma resolver....uma luz indireta que não os incomode para que eles não fiquem em ambiente totalmente escuro.
  10. 2 points
    Sim. Só estranhei a rapidez. Pra ter uma ideia, estranhei até quando ele nasceu, era pra nascer com 18-21 dias (tempo normal pra pombos nascerem), mas eu fui ver no 15º dia e ele já estava lá. Minha mãe diz que ele é muito impaciente, apressado.
  11. 2 points
    Bom dia @Mileide Silva de Oliveira Imagino que essa seja sua primeira calopsita, correto? Calopsitas são desconfiadas naturalmente, são animais muito delicados. Na natureza elas são presas e não predadoras então é natural esse comportamento. Ela precisa se acostumar com a nova casa, com você e seus familiares. Não é por que ela te picou que não seja mansa. Procure deixa-la na gaiola e não force aproximação (pegar na mão, tocar com o dedo) por alguns dias, espere ela se acalmar. Vai conversando com ela, deixe um ambiente agradável com pouca movimentação de pessoas... Aos poucos você poderá deixar a gaiola aberta eu um comodo fechado, ir oferecendo petiscos. Tem que ter calma... aos poucos vai perceber que ela vai interagir com você. Não a crie solta, isso é muito perigoso para sua ave. Cuidado com o corte das penas das asas, olhe muitos vídeos antes de fazer e na dúvida corte SEMPRE MENOS!!! Navegue nesse blog tem muita informação importante. Olhe vídeos no YouTube da Brena Bráz, ela tem ótimas dicas. Qualquer dúvida poste aqui. Ninha*
  12. 2 points
    Independente do material que os poleiros são feitos, ela irá se machucar se tiver pânico. Coloque a gaiola dela num lugar silencioso durante a noite, de preferência num local longe das pessoas e animais, porque elas podem se assustar com passos, latidos, pessoas falando ao redor, pessoas ligando ou desligando as luzes toda hora, etc; Cubra a gaiola durante a noite com um paninho mais grosso, deixando somente uma fresta pra poder ventilar. O importante é eliminar o barulho e as luzes nessa hora, pois essa é a maior causa do pânico noturno em aves.
  13. 1 point
    De qualquer forma, aconselho a reintegrar a fêmea nova no convívio com os outros. Deixar ela nessa tristeza baixa o sistema imunológico e ela fica mais suscetível a doenças. No meu caso, tenho um casal que, quando começam a acasalar, o outro macho albino faz de tudo para atrapalhar...bica a pata da fêmea, empurra o outro macho, etc....kkkk. Com o tempo ele ficou menos insistente, e neste exato momento o casal está chocando 3 ovinhos, sob a vigilância constante e a bisbilhotagem do Albino.. Mas todo mundo se entende e estão todos felizes..e a natureza segue o seu curso. Eles até que gostam desta disputa...aguça os instintos deles.
  14. 1 point
  15. 1 point
    Se já tem mais de um ano como disse, então é fêmea
  16. 1 point
    Bom dia, @Jacgru, pela experiência que tenho com manejo de calopsita sendo que já vi de tudo e acho que ainda vou ver à noite de você tiver outra gaiola para colocar o macho ao lado da gaiola deles seria o ideal voltando ele para gaiola do casal na manha seguinte ate os filhotes nascerem, ou deixa ele chocar direto ...uma hora ele cansa é o casal volta o revezamento, isso se ele não estiver machucando a fêmea ok.
  17. 1 point
  18. 1 point
    Nunca confiei. Já vi vários e várias pessoas errando prefiro ir pela velha e boa sexagem.
  19. 1 point
    Nossa ! Eu não consigo arrancar... tenho pavor! Os meus são ariscos, o máximo que consigo fazer é colocar aquele pó e deixar ela cair ou eles mesmos arrancam. O macho aqui parecia intrigado com a minha fêmea, quando ela se machucou num pânico noturno, toda hora queria mexer na asa dela, até que num puxão ele tirou... Acho que foi só curiosidade dele kkk
  20. 1 point
    Boa tarde. Teria que observar se de fato é um ferimento na asa ou se a ave quebrou um canhão de pena, nesse caso se for um canhão e continuar sangrando deverá arranca-lo. Observe quando a ave for se limpar, se alongar se ela não dá uns gritinhos, se isso acontecer o melhor é levar a vet. Nunca soube que mertiolate faz bem para aves, eu não passaria sem orientação. Ninha*
  21. 1 point
    não se solta animal exótico em uma habitat q nao é dele. isso é condena-lo a morte.
  22. 1 point
    É, acho que com essa idade é muito difícil reproduzir. A pessoa realmente poderia ter te avisado, ou então ele também não sabia. Mas pensa que é uma oportunidade de vc dar uma vida melhor pra ela agora. Ela já deve ter passado por muita coisa nesse tempo todo. A minha também já não se assusta comigo, deixa eu chegar perto pra olhar se tem alguma coisa errada, e já faz até pose pra foto. rs Mas ela é muito paradora e ai de mim se tentar colocar a mão nela. As vezes eu entro no viveiro com a bandeja de comida e todas as outras vem comer na minha mão, menos ela. rs
  23. 1 point
    Veja se eles estão dando comida direitinho. Um casal meu também não dormia com os filhotes depois de um tempo e correu tudo bem. Se eles já estiverem empenando e não estiver fazendo muito frio, ainda mais tendo 2 filhotes juntos, eles se aquecem. Se achar que precisam de ajuda, você pode por uma lampada ou aquecedor por fora da gaiola, evitando que fique tudo claro, pode cobrir com um pano grosso e colocar a lampada por fora, perto do ninho. Ou então só deixar a gaiola dentro de casa que é mais quentinho.
  24. 1 point
    Isso, os filhotes machos seriam silvestres e as fêmeas canela.
  25. 1 point
    Se um macho está cantando pro outro tem muita chance desse "outro" ser uma fêmea. Mas sim, machos podem sim dividir ninho. Se não tiver uma fêmea, as vezes eles se juntam, querem aninhar, mas como não tem como, fica por isso mesmo.
  26. 1 point
    Goiaba e jabuticaba podem sim, mas a gente tava falando de poleiros feitos com esse tipo de árvore. Mas falando nisso, eu acho que árvores frutíferas dentro do viveiro ficaria bem bonito. As flores e depois frutas daria todo um charme, mas obviamente árvores frutíferas cultivadas sem agrotóxico precisam ter mais cuidados. Na natureza é muito fácil achar plantas que as aves gostam, mas pra colocar em viveiro é difícil dizer, umas eles não podem comer, outras são grandes demais, etc.
  27. 1 point
    O macho aparenta ser um Silvestre cara amarela e a fêmea um canela
  28. 1 point
    Super normal, o macho esta chamando a femea para entrar no ninho, logo logo virá ovos/filhotes, tenta nao interferir muito para que eles se sintam seguros para iniciar a postura e a choca dos ovos, boa sorte amigo
  29. 1 point
    As minhas não assustam com chuva, não. Assustam muito com os passarinhos voando do lado de fora, e especialmente quando o bem-te-vi canta de surpresa no pé de limão ao lado de onde elas ficam... rs Assustavam com o barulho da lona que eu usava pra tampar o vento, mas acostumaram rapidinho. Agora eu uso um plástico grosso transparente em uma parte do viveiro, e mesmo quando venta forte e balança elas não ligam mais. A limpeza deixa elas um pouco assustadas no início, mas passa, mesmo as que não chegam perto de mim, já acostumaram comigo limpando e não ficam voando pra lá e pra cá mais, as vezes nem do poleiro saem, ficam lá de cima olhando pra baixo vendo eu lavar o chão. Chão de terra da muuuito trabalho. Falo por experiência própria. Eu tentei fazer o viveiro todo com grama, mas não deu muito certo. Eu lavo todos os dias, mas mesmo ficando limpo, encharca a grama e ela morre, ai dá lama, muito complicado. rs O mais fácil e higiênico é fazer de concreto e se quiser deixar um cantinho gramado, só pra elas brincarem um pouco. Elas adoram bicar aquelas sementinhas que crescem na grama, mas se ficar uma parte de chão ela fazem um mutirão da limpeza e começam a catar porcaria, não tem como. Eu uso plastico transparente por fora da grade pra proteger do vento, prendi com aquelas abraçadeiras pequenas. Ai quando elas vão pros poleiros dormir eu estendo um pano por dentro do viveiro que fica pendurado no teto. Esse pano fecha a parte onde elas ficam. Tanto o pano quanto o plástico não vão até o chão, então quando elas acordam de manhã, passam pra outra parte do viveiro por baixo do pano. Quando venta, o vento passa direto por baixo e não vai neles. Se tiver muito calor eu deixo o pano só até a metade e eles escolhem onde vão ficar. Fiquei muito tempo observando a direção do vento antes de fazer, então mesmo com o pano aberto não venta neles, mas no frio eu fecho pra ficar mais quentinho. No meu viveiro só tem telha até a metade, a outra metade é destampada pq elas gostam de tomar chuva no calor. E pq eu quero que elas vejam o céu e tomem sol quando acharem adequado. rs Na parte destampada não tem proteção, só quando fez muito frio que eu coloquei uma tela por fora pra evitar o vento durante o dia. Mas elas tem opção de ir pra parte sem vento que fica sempre com o plástico.
  30. 1 point
    Algumas aves realmente gostam de brincar com comida, principalmente verduras, folhas. Já vi pessoas que colocam folhas inteiras molhadas no fundo da gaiola (não em contato com fezes) e deixam lá porque elas gostam de ir pra se molhar.
  31. 1 point
    É normal botarem um único ovo, não tem nada de errado, não precisa desse pânico todo, até porque nem todas botam 7 ovos, 13 ovos, ás vezes elas realmente botam só um. Eu recomendo deixar eles chocarem sem fazer a ovoscopia, porque de qualquer modo você não pode tirar o ovo deles, mesmo se não estiver galado, se tirar antes de completar os dias de chocagem eles podem ficar com traumas. Se for fazer a ovoscopia o ideal é que faça por volta dos 10 dias de chocagem, assim já consegue ver veias e talvez o embrião.
  32. 1 point
    Mesmo entre os periquitos e calopsitas podem ocorrer brigas, porque vários pássaros no mesmo ambiente sempre tem um que é mais agressivo ou que quer se mostrar superior. Mas se você ver que está tudo bem no convívio entre eles, então não vejo problema em deixarem juntos. Acho que deveria ter os dois, tanto poleiros quanto uma árvore ou alguns galhos. A árvore naturalmente já serveria pra eles brincarem.
  33. 1 point
    Eu acho que o barulho da chuva deveria ser normal pras aves, então não sei dizer. A melhor forma de tampar é com lona, porque pano molha e ia criar muita umidade dentro do viveiro. Já ouvi pessoas que limpam com mangueira mesmo, lavam. Acho que você poderia colocar elas de volta na gaiola na hora de lavar, pra que elas não entrem em pânico. Eu recomendaria o chão ser de concreto, porque na terra elas iriam achar muita coisa pra comer que não deveriam, iam se sujar, etc.
  34. 1 point
    O problema é a exposição das sementes ao ar livre. Se tiver alguma proteção, não vejo problemas. Como já compro o produto embalado, não sei sobre a qualidade do que é vendido nos mercados, mas acredito que sejam de qualidade.
  35. 1 point
    Então realmente deve ser genético, não deixe que ela cruze e retire o ninho da gaiola.
  36. 1 point
    Olá, Não conheço e nunca ouvi falar. Concordo com Carone. Ninha*
  37. 1 point
    É, então realmente deve ser a idade. E ela com essa idade toda estava pra vender? Onde vc comprou ela? Será que era matriz de reprodução e colocaram a venda quando parou de botar? Que dó! Eu tenho uma fêmea que tb desconfio que seja mais velhinha. Ela é a que mais dorme, tem os pesinhos mais grossos e já chegou pra mim assim. Mas como não tem anilha, não tem como eu saber a idade. Ela é a única que não interage comigo de maneira nenhuma. E nem com as outras calopsitas ela é de dar muita confiança, já tem uns 5 meses que ela está comigo e agora que ela pede cafune pras outras de vez em quando.
  38. 1 point
    Concordo com o que ele disse. Talvez o macho já tinha contato com humanos antes. E também, na minha opinião, as fêmeas são um pouco mais ariscas. Digo isso porque os meus periquitos machos e meu Tunico são mais mansos que as fêmeas que são criadas na papa.
  39. 1 point
    Olá pessoal, tudo bem? Qualquer coisa estou a disposição!
  40. 1 point
    Acho que não tem problema em oferecer, mas em pequenas quantidades.
  41. 1 point
    Kkk eu joguei meu chinelorangue nela. E foi infalível kkk.
  42. 1 point
    Sam quanto tempo ela tem? Aves muito novas e ou muito velhas começam a apresentar esses sintomas!!!!! Ou quando imendam ou tem posturas muito próximas!!!! De descanso a ela e suplementos bem a alimentação deles!
  43. 1 point
    Olá, eu ofereci hj e minhas calôs comeram bem. Já os periquitos e meu papagaio não gostaram muito.
  44. 1 point
    Ah sim. Eu imaginava que se cruzasse um fulvo com um canela comum e depois os filhos desse cruzamento poderia gerar um fulvo "menos puro". Legal dms, um dia ainda terei umas mutações diferentes assim, o problema que crio sem objetivo de me tornar criador então fica complicado de comprar aves apenas por mutação. Vlw pela explicação
  45. 1 point
    Eles podem estar com medo da lâmpada, ou podem estar apresentando pânico noturno, que é algo muito comum em calopsitas. Em todo caso, eu tiraria a lâmpada da gaiola, o correto é colocar ela do lado, próximo da gaiola, não dentro, porque pode acontecer da lâmpada esquentar demais. Você pode também trocar essa lâmpada por um pano grosso, uma cobertinha em cima da gaiola, deixando sempre uma fresta pra que possa ventilar. Aves conseguem controlar a temperatura do corpo sozinhas desde que estejam protegidas do vento. Coloque um copo de água dentro da gaiola pra umidificar o ar quando estiver muito seco. No caso de pânico noturno, coloque sempre suas aves num local escuro e quieto, porque elas normalmente se assustam com pessoas falando, andando, barulho de outros animais, luzes ligando e desligando o tempo todo, etc. Espero ter ajudado!
  46. 1 point
    Ela vai se machucar de qualquer forma. Eles batem nas grades da gaiola, enfiam as asas nos vãos, talvez as cordas façam ela agarrar as unhas e acabe ficando pendurada e quebrando a patinha (nunca se sabe oque pode acontecer durante um panico). Aconselho colocá-la em um lugar silencioso a noite e tentar acabar com o pânico, esse stress que o panico noturno causa pode matar a ave.
  47. 1 point
    Viveiro de madeira que construí para as minhas calopsitas. Usei 2 estrados de cama, foi a conta, sobrou quase nada de material.
  48. 1 point
    Se vc quiser pode tentar "ensinar" a ela que é errado, sempre que ela beliscar da um assopro( não muito forte ) na cabeça dela é fala "NÃO", com o tempo ela vai entender que sempre que se ela te bliscar vc vai assopar a cabeça dela e assim ela vai parando aos poucos Nunca tentei fazer isso mas sei que funciona ☺
  49. 1 point
    recoloque o ninho para não estressar a fêmea, estresse pode fazer com que ela comece a arrancar as penas dos filhotes que ela já está tratando, conforme ela for botando os ovos vc vai tirando e quando ela parar de botar aí sim vc retira o ninho, ou deixa ele aberto no fundo da gaiola
  50. 1 point
    Oi!! Eu tenho meu casal já faz 8 anos. Eles sempre faziam toda a rotina da reprodução (mas não cruzavam), então nunca nascia filhotes. Eu só colocava o ninho porque sempre chegava uma época que não tinha como protelar, ela precisava botar. Mas desta vez tudo foi diferente e os ovinhos foram fertilizados. A Tatá botou três ovinhos, dois nasceram, mas um morreu no dia seguinte . Eu estava com a mesma dúvida que você e uma pessoa experiente disse para pegar e olhar o papinho. Deu certo! o papinho está cheio e acho que esse irá sobreviver. Ele nasceu dia 11/08 e hoje está com 3 dias de vida. Estou feliz por eles, pois ela sempre chocava em vão e nunca nascia nada. A Tatá é desengonçada para cuidar. Ela fica quase o tempo todo no ninho, mas ela não coloca ele embaixo dela. O Belinho que está salvando a pátria...hehehe acho que é ele quem alimenta. Boa sorte com seus bebês! OBS: Já colocamos maravalha no ninho.
This leaderboard is set to Sao Paulo/GMT-03:00