Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 09/20/2018 in all areas

  1. 8 points
    Olá pessoal... Ultimamente tenho observado pessoas que querem adquirir Calopsitas... Em apenas uma semana ouvi relatos de três pessoas que se diziam interessadas e ao serem questionadas do porquê querem esse animal, falaram que viram na internet calopsitas cantando e falando, souberam que é muito apegada ao dono, enfim... se apaixonaram, mas percebi que não tinham noção de como esse animal torna-se dependente do dono e como precisa de um tratamento diferenciado de outros animais domésticos. Foi então que decidi comentar um pouco do meu dia-a-dia com minhas duas calopsitas: - O quanto são sensíveis. Não podem ser criadas soltas, asas precisam ser aparadas; - Precisam de muito carinho e atenção; - Precisam de rotina e dedicação por parte do dono para que aprendam a cantar, falar... - Gaiola precisa ser higienizada diariamente. Precisam de banho... - Geralmente são barulhentas, na primavera então nem se fala, nem pensar em dormir até mais tarde (tenho dois e são bem barulhentos); - Podem ter pânico noturno; - No menor sinal de doença precisam ser levadas ao veterinário e uma consulta não é barato; - Se o dono viajar não pode deixa-la sozinha em casa, o melhor a fazer é levar junto ou deixar com alguém de extrema confiança, de preferência que tenha experiência com aves. Se optar por levar junto dependendo do local vai precisar de um atestado de saúde de um veterinário. - Vivem mais do que um cachorro ou gato; - Se sentem a falta de uma pessoa da família que possa ter viajado chegam a ficar doentes... etc... etc... Assim que ouviram meu relato que inclusive acabou com o comentário de que eu não terei mais calopsitas devido a responsabilidade, ficaram pensativas. Enfim, esse post tem a intenção de fazer com que proprietários de calopsitas tenham o cuidado de não incentivar a comercialização desses animais. Acredito que muitas pessoas que compram não tem a menor ideia de como eles são frágeis e precisam de cuidados, eu mesma não tinha ideia e depois de muitos erros e ainda aprendendo muito, não desejo mais ter calopsitas e olha que os amo muito. Além disso, não é raro ouvir de pais que compram uma calopsita de presente de aniversário para uma criança de 2, 5, anos, como se fossem brinquedos... aí poucos dias depois acontece algum acidente e procuram o blog para pedir opinião do que fazer... é triste! Sem contar que em pet shop e muitas agropecuárias os animais são tratados como mera mercadoria, inclusive aqui no blog já vi relatos de pessoas que acabaram comprando calopsitas mais velhas, ariscas e até mesmo doentes pois não aguentaram ver a forma como estavam sendo tratadas apenas como reprodutoras. Sei que aqui nesse blog tem pessoas que criam calopsitas para vender, não julgo, não é minha intenção difamar nada, apenas deixar claro que quem adquire deveria ter o mínimo de informação antes de decidir por comprar ou adotar um anjinho desses. Enfim... escrevi apenas com o intuito de chamar atenção para que possamos repensar a forma como estamos propagandeando esses anjinhos, (deixando claro que eu me incluo nisso). Se por um acaso mostrar uma foto ou vídeo com as qualidades da sua ave, acho importante enfatizar os cuidados que diariamente tem com ela. Me corta o coração saber que muitos são tratados como mercadorias, objetos. Não indico pra ninguém a compra de uma calopsita. Espero ter me expressado corretamente. Ninha*
  2. 4 points
    Olá @Alexsandro boaroli Veja: Ao contrário dos seres humanos, as aves enxergam os raios UV que fazem parte da luz natural do sol. Elas utilizam os raios UV para a alimentação e para a reprodução.Uma ave em ambiente doméstico pode ficar privada da radiação UV. Os raios UV da luz do sol que entra pela janela são eliminados por vidros e cortinas. Além disso, as fontes normais de iluminação doméstica não emitem UV. A vida sem os raios UV para as aves seria como se os seres humanos vissem tudo a preto e branco ou pior. Sem UV algumas espécies de aves não conseguem diferenciar o sexo. Exemplos: As penas das aves refletem os raios UV. Esta reflexão da plumagem desempenha um papel na seleção sexual das aves. As aves de cores escuras (ex: pássaro preto), que para os olhos humanos são negros, aparecerem aos olhos das aves com várias cores. Acontece o mesmo com as aves de cores brancas. A percepção UV desempenha um papel significativo na seleção da comida. Alimentos com os raios UV ficam ainda mais chamativos aos olhos dos pássaros como os vermelhos são mais vermelhos e os verdes são mais verdes. Uma ave relutante a comer precisa dos raios UVA para estimular o seu apetite. A saúde dos pássaros X raios UV Sem uma fonte equilibrada de luz, o ciclo oculo-endócrino (luz para a glândula pineal e para a glândula pituitária) é afetado, alterando todos os aspectos da vida da ave. Uma iluminação inadequada pode provocar agitação, enfraquecimento, problemas respiratórios e metabólicos. As aves necessitam da vitamina D3 para um desenvolvimento saudável do esqueleto, para isso os raios UVB são necessários para sintetizar a vitamina D3. Muitas espécies podem sintetizar a vitamina D3 da luz solar através da pele. Como a pele das aves está coberta com penas, elas não podem utilizar a própria pele para o fazer. Na maioria das aves, a glândula uropigial (impermeabilizante para as penas) recolhe a pré-D3 do sangue, e acumulando-a nos óleos glandulares. Estes são depois expostos á radiação UVB quando a ave se limpa e cuida da plumagem. Mais tarde a ave ingere materiais expostos aos UV quando volta a limpar e a cuidar da sua plumagem, e o óleo entra no organismo como pré-vitamina D, sendo transformado em vitamina D3 pelo fígado e os rins. Lâmpadas para pássaros Na falta da luz natural existe a necessidade de adicionar a radiação UV artificial, encontrada em lâmpadas especiais para aves. Essas lâmpadas emitem raios de UVA e UVB suprindo as necessidades dos pássaros em cativo desde que usadas corretamente (ex: respeitando o período de luz diária). Alguns criadores devido à grande quantidade de pássaros em seu plantel, fica difícil colocá-los para tomar sol todos os dias, daí a importância de investir em uma boa iluminação. Existem algumas lâmpadas UV que não podem ser usadas para os pássaros: As lâmpadas de iluminação doméstica não produzem raios UV e a maioria das lâmpadas domésticas inibem a cor natural da visão da ave. Lâmpadas utilizadas para répteis podem causar cataratas e as usadas em aquários não apresentam uma relação correta de vermelho/azul e também devem ser evitadas. (elas possuem raios UVB elevados). Como deve ser o banho de sol? Devemos dar a preferência pelo período da manhã, entre 8h e 9h. Uma saturação do tempo em exposição ao sol causa aos pássaros os seguintes sintomas: Abertura do bico, aceleração do ritmo cardíaco, abertura dos ombros em relação ao corpo e desidratação. Para maior segurança, coloque sobre a gaiola ou viveiro, um pano ou um papelão que cubra uma parte da área, oferecendo sombra, pois o pássaro saberá melhor do que nós a hora de abrigar-se. Lembrando de trocar a água de bebida após o banho de sol. Fonte: http://www.acpsi.com.br/noticias/a-importancia-do-banho-de-sol-aos-passaros-84.html Eu particularmente não arriscaria uma criação sem sol. Acho que mesmo com instalação de lampadas você deveria levar suas aves pegar sol semanalmente para fortalecer o sistema imunológico. Mais experientes poderão opinar melhor. Ninha*
  3. 4 points
    Bom dia! Continuamos crescendo, pouco, mas crescendo!
  4. 3 points
    Amigos tenho 3 casais de agapornis 2x Rosecollis 1x Fisheri e 3x Personata tenho muita experiência em agapornis caso precisem estou as ordens desde cruza até primeiros dias de filhotes e sexagem anatômica segura
  5. 3 points
    Galera, Resolvi fazer um tópico "definitivo" e objetivo ao máximo sobre alimentação para calopsitas pra qnd alguém tiver uma dúvida podermos colocar o link sem termos q ficar repetindo a msm coisa todo dia. Vou postar com base na MINHA experiência e pesquisas que tenho/fiz. E claro, tds estão convidados a adicionar suas experiências. ADULTOS - RAÇÃO, SEMENTES E COMPLEMENTOS: Para quem tem dúvida se usa ração ou mix de sementes, digo que pode usar os dois - misturados ou não - ou só um ou só outro, desde que complemente com outros alimentos. EU USO MISTURADO (mix+ração da alcon ou nutropica). A proporção de ração que uso é de cerca de uns 15% a 20% para o total de sementes. Claro que você pode inverter essa proporção e usar mais ração e menos sementes. Isso vai da conveniência e do bolso de cada um. O que vou postar aqui foi a forma mais EFICIENTE que achei de dar uma boa alimentação dentro da minha realidade. Em relação ao mix de sementes: A MINHA BASE costuma ter sempre 6 sementes nas seguintes proporções: Painço 45% (os + variados possíveis); Alpiste 25%; Aveia descascada 10%; Arroz cateto 10%; Cártamo 5%; Ninger ou Girassol 5%. ALÉM desse BÁSICO acima, eu costumo adicionar entre 2% a 5% de mais algumas sementes, como por exemplo Gergelim, Senha, Sorgo, Linhaça, Nabão, Trigo Sarraceno, semente de abóbora crua ou torrada (que inclusive é vermífugo natural), entre outras. Ainda adiciono mais 5% de semente de funcho no total de Kg que essa mistura dá. Tem um cheiro agradável e evita carunchos. Lembre-se de usar a proporção, e se for adicionar outras sementes além das básicas, tire alguns porcentos da proporção das básicas e use nas demais. Complemento mais usados: Ovo cozido com casca, milho cozido (jamais enlatado), couve, coentro, quiabo, brócolis, rúcula, arroz sete grãos/branco/ lentilha (cozidos só na água), maçã sem sementes, banana com casca, mamão com sementes, osso de siba, entre outros. Você pode oferece-los um ou dois por dia, cada dia um para ter uma variação nutricional aí. Claro q não há problema se vc repetir uma vez ou outra algum alimento ou oferecer três ou quatro tipos por dia. Mas eu acho mais eficiente usar até dois a cada dia. O importante é a variação durante a semana. Se as aves não têm costume de comer alguns desses complementos (ou mesmo a ração), o segredo é insistir. Não so dois ou três dias, mas sim algumas semanas. Lembrando pra não deixar esses alimentos na gaiola/viveiro por mais de 6 ou 8h para não estragarem. Petiscos: Pode dar uma ou duas vezes na semana como pipoca (sem tempero e sal), castanhas, amendoim, pimentas p psitacídeos, entre outros. São P-E-T-I-S-C-O-S!!! Em qualquer pesquisa básica vc encontra mais alimentos que pode e não pode dar pra sua ave. Enfim. Para alimentação de adultos é basicamente isso aí. Como dispor a comida: Como tenho 4 aves, uso uma tigela de inox de +- um palmo de diâmetro em cima de uma prateleira p não haver disputas e pra diminuir o desperdício das sementes q caem da vasilha. Se sua gaiola é pequena, pode usar dois ou três potes distribuídos pela gaiola pra evitar brigas, caso tenha mais de uma ave. A água basta um potinho msm, eles bebem pouco. Trocar pelo menos uma vez por dia. Usar só água filtrada. Eu só recarrego a comida a cada 5 ou 7 dias, assim eles comem outros tipos de sementes além das que mais gostam (as primeiras a serem comidas). Sopro uma vez por dia e peneiro uma vez na semana. Você tanto pode fazer seu mix como pode já comprar pronto. Marcas como Terra dos pássaros, reino das aves, megazoo, nutropica, entre outras vendem mix prontos. Claro q as sementes e proporções não são exatas as que eu disse, mas não há problema, basta usar o bom senso e a pesquisa pra complementar da melhor forma possível, se quiser. Ultimamente tenho usado a "Mistura Agapornis Calopsita - 5 kg" da Terra dos Pássaros. Pode usar mix ou ração de outras aves? Pode, de forma esporádica, desde q vc compare o rótulo e veja se tem mais semelhanças doq diferenças (e nada proibido) para os de Calopsita. E pra encerrar essa parte SÓ COMPRE SEMENTES DE PACOTES FECHADOS. Verifique se as sementes estão limpas, brilhosas, com bom aspecto, sem muito farelo ou carunchos. JAMAIS COMPRE A GRANEL (aquelas vendidas a kg que ficam abertas e expostas nas lojas). Na reprodução: Para uma boa reprodução, as aves têm que estar com alimentação reforçada uns 2 meses antes de colocar o ninho. Pode seguir o que está acima, apenas aumentando a quantidade e variações para JAMAIS DEIXAR FALTAR COMIDA. Principalmente durante a choca e a cria dos filhotes. FILHOTES - PAPINHA Pra quem quer ou precisou criar os filhotes na papinha, vai as dicas: Eu uso papinha para psitacídeos da alcon ou reino das aves. Preparo: Coloque água MORNA num copo e dissolva o pó. O aspecto da papa tem que ficar parecido com o de um iogurte. Para testa a temperatura, mergulhe seu dedo por alguns segundos na água. Ela n pode queimar ou incomodar seu dedo. Filhotes nao gostam muito de papa fria, por isso deve ser dada um pouco morna. Pode guardar na geladeira pra dar mais tarde NO MESMO DIA, mas busque achar a quantidade certa pra cada refeição. A quantidade de papinha você pode seguir a tabela da imagem. Ajuste-a aos seus horários. Nao se alimenta filhote de madruga. Quem quer criar na papa pra amansar mais fácil, geralmente tira do ninho com 15 a 25 dias. A partir dos 30 dias, já pode colocar sementes/ração numa vasilha rasa pro filhote começar a se familiarizar com a alimentação. Filhotes largam a papinha e ficam independentes +- com 50 dias de vida. Alguns são mimados e msm depois de uns 60 dias só querem papinha. Recomendo a dar somente ao fim da tarde ou tirar totalmente se vc perceber q ele já belisca a comida. Se não tem experiência com filhotes, use uma colher para alimenta-los e depois os limpe com um pano úmido p nao ficar com papa grudada nas penas. (N há problema se ficar um pouquinho aqui ou ali). Aproveito pra mostrar como fica o banquete de sementes + ração das minhas.
  6. 3 points
    Deve ser pelo mesmo motivo de todos kkkk Dó de puxar as peninhas !!!!
  7. 3 points
    Sim, ele porta, pelo menos, pérola, canela, lutino e arlequim. Sem saber o que a lutino cara branca (albina) porta, podem nascer: machos: lutinos e silvestres fêmeas: canelas, silvestres, lutinos e pérolas (ou fêmeas com algumas combinações dessas mutações). Ele pode também portar cara branca, se a mãe ou o pai portarem. Aí, nesse caso, nascem "albinas".
  8. 3 points
    Eu estava pensando em juntar os dois e deixar. Não separar e nem ter filhotes. A saúde deles para mim é o mais importante! Filhotes eu posso esperar quando tiver a oportunidade de ter um novo casal. Obrigado @Ninha,@Nascimento, @CARONE e @Malu!
  9. 3 points
    Nunca me interessei por aves, principalmente calopsita ( falta de informação).. Pois bem, moro em apartamento e tenho um filho de 6 anos, não podemos ter gato, cachorro pois acho que eles precisam de muuuito espaço, quintal... Aí começa essa história de amor Ganhei uma calopsita, a minha Flora e desde então estou apaixonada por ela. Sabe, eu tenho depressão e esses dias estou com uma crise muito prolongada. E pra minha surpresa a Flora tem sido minha amiguinha, passo o dia pesquisando, entendendo como cuidar dela. Ela por sua vez é tão carinhosa e meiga tem me dado muita alegria. Agradeço a Jeová pela forma linda que ele fez suas criações. Seres inteligentes, belíssimos, engraçados.. A Flora foi um presente e tem iluminado meus dias nublados. Que encanto! São tão inocentes e só querem amar e ser amados. Com ela tenho passado dias mais felizes.
  10. 3 points
    Uau, sua mistura ficou linda @Nascimento, estou encantada pela dedicação. Aqui na minha cidade não se vende alimentos específicos pra pombos porque não costuma ocorrer com frequência a criação desses animais. O pior disso é que a maioria das pessoas que os compra acaba oferecendo só quirela e painço ou ás vezes nem isso. Eu mesma iniciei minha criação oferecendo esse tipo de alimento porque era o que estavam acostumados a comer durante toda a vida deles. Felizmente essas aves são de fácil manejo e consegui rapidamente modificar e acrescentar na alimentação. Diferente das calopsitas que necessitam de insistência, os pombos só de ver comida diferente já ficam todos assanhados querendo comer, o que ajudou muito no processo de adaptação de novos alimentos. Hoje em dia eles gostam tanto da comida que não tem um grão sequer desperdiçado no fundo da gaiola e comem com vontade, diferente de quando tinham aquela alimentação pobre de quando chegaram na minha casa. É muito gratificante ver que nossos filhos de penas estão contentes e satisfeitos. Então sua atitude de compartilhar a dieta das suas calopsitas e dicas de manejo é muito válida, principalmente pros novos integrantes do clube.
  11. 3 points
    Vou postar aqui uma DICA IMPORTANTE PRA INTRODUZIR NOVOS ALIMENTOS. Essa dica foi da colega @Malu em outro tópico: Retire as sementes/ração deles à noite quando forem dormir e coloque os alimentos novos que elas nao estão acostumadas de manhã BEM CEDO, antes mesmo de despertarem. Deixe lá por umas 2 ou 3h. E depois volte com a sementes/ração. Pode deixar o alimento novo quando voltar com a comida antiga, mas lembrar de não deixar por mais de 6h exposto. Lembrando que é necessário paciência e persistência. Como disse anteriormente, não adianta fazer o teste por 1 ou 2 dias. Tem que ser por algumas semanas.
  12. 3 points
    ALIMENTOS QUE AS PESSOAS COSTUMAM DAR, MAS NÃO SÃO SAUDÁVEIS: BOLOS; BOLACHAS; PÃO; MACARRÃO DOCES; ALFACE (pode dar diarréia) Sua ave nao vai morrer se der uma bicada nesses alimentos, mas a farinha das massas e a alface nao fazem bem ao intestino da ave.
  13. 3 points
    @VanessaHollier citou uma coisa importante em outro tópico. Nós compramos as aves dessas casas de rações achando que estamos salvando-as, mas na verdade estamos motivando a venda desses animais naquelas condições horríveis. Eles ficam anos e anos naquelas gaiolas, até alguém comprar (nem sempre as pessoas que compram, cuidam como se deve).Pensando bem comprar em agropecuárias é quase como comprar aves nativas ilegais, estamos movimentado um tipo de tráfico de animais, mesmo não sendo nativas daqui. O ideal é comprarmos de criadores.
  14. 3 points
    O cantinho das minhas calos! São troncos naturais! Comprados em loja de Aquarismo, elas amam beber água na cascata! São criadas soltas aqui em casa! Amam o cantinho delas!
  15. 3 points
    Estou doando 5 filhotes de calopsita, que estão na data de criação do tópico com no máximo 15 dias. Não tenho como ficar com todos por conta de espaço. Os filhotes só serão doados para pessoas que comprovadamente possuam experiência com calopsitas e que os tratem da melhor forma possível. Os filhotes podem ser adotados individualmente sem problemas.
  16. 3 points
    To tentando relaxar, parece que eu que vou ter os filhotes kkkk muito nervosa e preocupada com tudoo!
  17. 2 points
    Não me parece clamidiose, acredito que dá para reverter. Leve ao veterinário. Uma coisa também possível é a infecção pela Aflatoxina. Um tipo de fungo encontrado na semente. Exato!. Concordo!!!.
  18. 2 points
    Leve ao veterinário. É difícil adivinhar assim. Outra coisa. N dê banho na sua ave nem a deixe enrolada no pano. N podemos tratar uma ave como cachorro ou gato. Ficar banhando ave pode prejudicar suas penas, além da saúde. O certo é eles se banharem qnd quiserem.
  19. 2 points
    Você é fácil não né Malu você bate e assopra
  20. 2 points
    É verdade, enxertada seria ideal, de repente eu compro uma em um vaso já grandinha e se eles não destruírem ela toda eu planto no chão. Eu tinha pensado em acerola que não é tão grande normalmente. Eles ficam picando a grama de vez em quando, mas talvez com o tempo perca a graça, minha esperança é essa. rs Eu já deixei um dos meus quando tinha asa cortada no pé de caqui do quintal e ele saiu cortando todas as folhas igual formiga. rs Mas talvez tendo a árvore o tempo todo lá dentro eles parem depois de um tempo.
  21. 2 points
    @SAM 3 Olha é muita manha
  22. 2 points
    Meus casais começaram a querer chocar no final de julho. Ainda está um pouco frio a noite em BH, mas durante o dia tá quente, aí resolvi colocar os ninhos pra eles. Todos os casais já formados estão concentradíssimos botando ou chocando. rs Bom, coloquei o ninho pra essa fêmea com uma perninha que eu tinha descrito em abril. Separei ela e o par dela em um viveiro só pra eles, coloquei o ninho no chão do viveiro e perto da porta pra facilitar a entrada dela e pra eu conseguir tirar de la pra limpar. Deixei eles uns dias sem poleiros durante o dia, pq ele estava querendo acasalar com ela no poleiro e não estava dando certo. Quando eu deixei sem poleiros, eles foram pra cima do ninho e conseguiram fazer o negocio direitinho. rs O primeiro ovo, ela botou inteiro, mas quebrou no ninho, não sei o que ela arrumou. Depois desse, ela botou mais 4, todos inteirinhos, o último foi hoje, ainda não sei se vai botar mais algum. Bom, eu cheguei a ver eles acasalando, mas poucas vezes, então estava em dúvida se tinham conseguido galar os ovos, eles não fazem barulho quando estão acasalando, então pra ver só na sorte de passar na hora. rs Eles começaram a chocar depois que ela botou o 3 ovo, estão super focados. rs Ela chocando de noite e ele durante o dia. Estou evitando mexer no viveiro ao máximo pq o macho dela, que normalmente é manso, fica no meu ombro e etc, está com o coração todo trabalhado no ódio pronto pra arrancar meu dedo toda vez que eu chego perto deles. rs Enfim, como ela botou o ovo 5 hoje, pode ser o último e eles já estão chocando os outros tem alguns dias, peguei o ninho pra fazer ovoscopia. Os dois primeiros ovos já dá pra ver que estão galados. É um loooongo caminho até os filhotes nascerem, crescerem etc... mas to super feliz, acho que como eu não estava botando muita fé que ia dar certo, foi uma surpresa maravilhosa ver que tá funcionando.
  23. 2 points
    Final do passado um filhote de rolinha recém-nascido caiu bem na área de casa. Sorte que eu tava lá fora e vi ele cair, peguei ele e cuidei, devia ter uns 3 dias no máximo. Fui pesquisando sobre o que fazer, como alimentar, aquecer, depois pesquisei sobre possíveis doenças e quando pesquisei sobre os excrementos me apareceu um tópico aqui do fórum. Assim conheci o clube e adorei, me ajudou muito na hora de cuidar daquele filhotinho e ainda me ajuda depois que adquiri meus próprios filhos de penas.
  24. 2 points
    A monogamia ficou no passado!!! Ou ao menos na Austrália kkk
  25. 2 points
    @Pretajw Me refiro principalmente ao fato de que se você mencionar as qualidades e os benefícios de ter esse animal amado em casa, enfatizar também os cuidados que deve ter em relação a eles. Como @SAM 3 também comentou, muitas vezes é necessário deixar de fazer muita coisa por conta dos cuidados com a ave. Eu já deixei de viajar muitas vezes porque não confio em qualquer pessoa para cuidar dos meus pequenos, eu que quis comprá-los, agora é minha responsabilidade. Mas em muitos pontos concordo com você. Ninha*
  26. 2 points
  27. 2 points
    Não necessariamente. Um macho que porta lutino e cruza com fêmea lutino pérola pode ter filhotes lutinos comuns. É dificil fugir disso se o macho portar lutino pérola por exemplo.
  28. 2 points
    Olá, queria te indicar um canal no YouTube, plantel amigos de penas, lá eles estão com uma "série" de 4 episódios sobre o porque dos ovos não galarem. Assista lá e vê qual dos fatores colaboram para que isso ocorra aí.
  29. 2 points
    Cobasi (frete mais barato), terra dos pássaros (melhor site, porém frete lá em cima). Entrega como qlqr encomenda.
  30. 2 points
    Não tem jeito, só veterinário, procure algum urgentemente em alguma cidade vizinha.
  31. 2 points
    Eu gosto de nome de comida, apesar de não ter colocado nome nos meus passarinhos (só tem um que chama Chico pq uma vizinha minha chamou ele assim e pegou), se um dia eu for colocar vai ser tudo comida: Farofa, Fubá, Pipoca... rs
  32. 2 points
    Durante a muda o comportamento das aves pode mudar ou não, umas continuam com vivacidade, cantam (depende da espécie também), enquanto outras ficam mais quietas e paradas nesse período. Uma das coisas que pode te ajudar nessa época é a alimentação reforçada, com uso da farinhada (a base ovos é uma boa opção), frutas, legumes, milho verde cozido, etc. Isso ajuda elas a se manterem fortes pra passar por esse processo, que dependendo do caso, pode ser muito exaustivo. Seja bem-vinda ao clube!
  33. 2 points
    Estes dias os meus tiveram pânico noturno, e é difícil até mesmo saber o que os assustou. Deixei a luz do corredor acesa, para que eles não fiquem na total escuridão mas também não fiquem em local totalmente iluminado. Isto costuma resolver....uma luz indireta que não os incomode para que eles não fiquem em ambiente totalmente escuro.
  34. 2 points
    Um dos meus filhotes, que nasceu aqui em casa, então eu sei a idade exata dele, começou a comer sozinho com 28/29 dias e com menos de 35 dias, já era totalmente independente. Com dois meses já cantava e voava no viveiro pra todo lado. rs Ele foi filho único e os pais davam comida pra ele em horários regulares até durante a madrugada. Um prodígio. rs
  35. 2 points
    Poxa amigo, é difícil falar tudo aqui assim. O ideal é conferir os tópicos que a maioria das informações estarão já aqui. Mas vou com algumas dicas: Alimentação: Aumente ao máximo a disposição de alimentos, quanto mais alimentos mais eles se sentem seguros para reproduzir e alimentar bem os filhotes. Eu pessoalmente quando chocam coloco ovo todos os dias, pois é um alimento de ingestão fácil e que eles adoram para esse período. Outra dica é variar. Não dê apenas sementes, ofereça extrusada, verduras e legumes (os meus não comem fruta, então nem coloco), milho (pre cozido), couve, cenoura, beterraba são os favoritos na minha casa. Lembrando que couve em excesso pode provocar diarreia neles e o milho tb não pode ser oferecido em excesso. Cuidados: Proteja ainda mais as aves no período noturno, tampe a gaiola (use toalhas, mantas etc), proporcione um ambiente sem ventos, tranquilo e escuro para elas. - A partir dos 10 dias de idade comece a trocar a serragem (maravalha), do ninho, seja breve e evite ficar estressando as aves. Tire aquela suja e coloque outra limpa para manter os filhotes limpos e aquecidos. Depois de uns 15 dias de nascidos você terá de observar com frequência a quantidade de fezes no ninho para fazer a manutenção do mesmo. - Não de remédios as suas aves por conta própria. Já ouvi várias pessoas que criam aves falando: Tiveram filhotes? Coloque vitamina, dê antifúngico, faça isso, faça aquilo outro, não há necessidade alguma de medicar aves tanto no período de procriação quanto nos períodos normais. Se achar que suas aves estão tristes ou desnutridas, leve a um veterinário. - Apenas lembrando que filhotes de 25 dias já voam longe, então nesse período tome cuidado ao abrir o ninho e realizar a limpeza pois já vi casos de filhotes que fugiram nessa idade. Acho que é isso. Existe muita coisa a ser dita, mas tenho certeza que com um pouco de curiosidade e tempo você achará suas respostas bem rápido aqui no fórum.
  36. 2 points
    Eu fiz essas argolinhas de papelão, ela saiu correndo com o penacho eriçado Kkkklkk Muito obrigada mesmo pelas dicas!Quem sabe não consigo fazer em casa?! Ps: agora que percebi que publiquei no tópico errado, desculpa galera , erro de iniciante kkkkkk
  37. 2 points
    Bom dia. Belas aves. O Kiko certamente porta canela ou pérola por isso a diminuição da coloração cinza (tenho um macho muito parecido e porta pérola). Pipoca é uma fêmea albina (lutina cara branca). Observe a cor dos olhos dela, se forem escuros/cinza ou azulados, possivelmente ela porta arlequim. Se for um vermelho vivo, não porta. Jennifer é um macho lutino canela. Observe a coloração dos olhos dele também. Jhon Snow (adorei o nome) é um arlequim cinza, parece ser um macho. E se for, porta INO então caso queira ter fêmeas e machos albinos, sugiro cruzar ele com uma fêmea albina ou lutina portadora de cara branca. Obs: * Isso se ele for um macho e após, no mínimo, a primeira muda de penas*. Neném também tem cara de macho mas como o Jhon, o rostinho ainda pode mudar. Ele é arlequim cara amarela. Sugiro observar o peso, fêmeas costumam ser mais comilonas e gordinhas. Teste de cloaca não é válido (fêmeas que nunca colocaram um ovo tendem a ter os ossos mais juntos). Aos 3 meses, um macho deve começar a ensaiar cantos. Bj
  38. 2 points
    Lavar gaiola e viveiro todos os dias não vejo necessidade. Basta trocar o papel do fundo todos os dias. Em relação aos potes de água e comida, devem estar sempre limpos, sem deixar comida por mais de 1 dia. É interessante também evitar que fezes se acumulem no poleiro e fiquem em contato com as patinhas deles.
  39. 2 points
    Se vai voltar no mesmo dia, nao vejo necessidade.
  40. 2 points
    Os meus no finalzinho tive que dar uma forçada, também estavam fazendo bico( gostou do trocadilho) na hora de comer . Diminua para 3x, café, almoço e janta .
  41. 2 points
    Levar num veterinário pra ele analisar e parar de botar ela em local q tenha risco
  42. 2 points
    Doação de duas calopsitas machos. Procuro alguém que cuide com carinho. Zona Norte de São Paulo
  43. 2 points
    Se tiver mais calopsitas em casa deixe elas separadas em quarentena. Se precisar pegar nelas use uma luva daquelas de pedreiro .
  44. 2 points
    Eu tratei e ela está 80% melhor. Coloquei em lugar aquecido, papinha 3/3h, vitamina na papinha e muita oração e carinho. Está dando certo.
  45. 2 points
    Cuidado com as asinhas, os meus nasceram dia 07 e dia 09 respectivamente e já tive que podar, pareciam dois aviões .kkkkk
  46. 2 points
  47. 2 points
    Nasceeeeeu!!!!! Nasceram três. Estou tão feliz!!!!! Agora estou curiosa quanto ao que vão ser. Se eu disser as mutações dos avós e pais,vc consegue me ajudar? Avós: mãe pérola canela e Pai arlequim Pais: mãe lutino e pai pérola canela Desde já agradeço muito!!!!
  48. 2 points
    Melhor observação! Mas eu tenho entendo kkkkk na primeira vez q um dos meus casais foi ter filhote faltava pouco eu querer entrar no ninho pra chocar! Mas fica tranquila q se por algum caso na oferta certo nessa eles vão apreendendo! Lucas interfere muito mudar a gaiola de lugar! Não eh normal se eles estão em choco voltarem a acasalar!!!!! Faca ovoscopia nos ovos se estiverem vazio tire tudo e deixe eles descansarem depois pense em alguma solução pra gaiola onde eles tomem luz do dia sem ter q ficar mudando a gaiola! Agora se estiver com filhotes espere 39 dias do último ovo pra ver se nascem e marque esses ovos antigos, porque bem provável q ela comece a botar novamente .. e o ideal eh tirar os ovos novos!!!! Se ela quer sair deixe por um tempo uns 30 min depois volte ela a gaiola!!!!
  49. 2 points
    Oi galera; resolvi postar aqui, espero que, qualquer problema o(s) moderador(es) possam mover esse tópico para a sessão de artigos. Mas minha mãe e eu vimos que muitas pessoas não sabem como arrancar uma pena quebrada, e muita gente aqui anda perguntando como... Às vezes demora-se para responder as perguntas.Da primeira vez que uma psita nossa quebrou as penas, também entrei em pânico... Saí correndo até um veterinário às 8 da manhã, sozinha, de táxi, com o Shade na mão... Só depois aprendemos que é bem fácil.Resolvi fazer uma espécie de tutorial, com algumas fotos e desenhos para ajudar. Espero que seja útil.1) Pena quebradaGeralmente acontece por causa de pânico noturno; pode ser um pesadelo que a ave tem, ou uma que esbarrou na outra no poleiro dentro da gaiola, um vento, um inseto, qualquer coisa. Outras vezes o passarinho pode estar treinando vôo, fazendo exercício, bate a asa e quebra a pena.Na maioria das vezes são as penas da asa; penas do peito, cabeça e costas são flexíveis e normalmente não quebram. Pode acontecer com a pena do rabo, mas nesse caso só na raiz da pena.Aparência:Pena de sangue: Créditos da imagem: NCS-EUA (National Cockatiel Society)Essa é a diferença entre uma pena normal e uma pena de sangue.O canhão de sangue é na verdade a base da pena nova. Depois de pronta, ela só fica com a pontinha da raiz com sangue. Ela nasce como uma agulhinha na pele e vai crescendo, a ponta abre e surgem as pluminhas, depois o canudo de sangue seca e vai descascando até que a pena esteja completa. As penas "secas" que caem quando as calopsitas entram na muda, são penas que perdem o sangue da ponta e desprendem da pele para deixar novas nascerem. Todas as penas nascem com canhões de sangue, mas só as da asa e do rabo ficam com o sangue na raiz depois de crescerem.Pena quebrada:Às vezes você vai achar gotas de sangue no chão da gaiola, às vezes, uma pena quebrada. Examine bem a pena para ter certeza de que ela está inteira. Senão, vai ter que olhar as asas de todas as suas calopsitas/passaros para achar de quem era a pena. Quando a pena quebra e cai, normalmente há bastante manchas de sangue na asa."Kit" Pena Quebrada:O que você vai precisar para arrancar uma pena:1) Um alicate de bico fino, bem limpo ou até esterilizado. Lavo o meu com água e sabão, depois passo água oxigenada, álcool e enxaguo.2) Algodão ou cotonetes e soro fisiológicoCaso você precise limpar a asa para enxergar melhor a pena quebrada, limpe o local com um algodão ou um cotonete umedecidos com soro fisiológico.3) Pó hemostáticoDesses que se compra em farmácia, é pó de pedra hume e serve para parar sangramentos pequenos.Muita atenção com esse: é muito bom em caso de pena quebrada, mas nunca use em feridas grandes ou em patas, pernas e pés, porque pode causar problemas. Use somente para penas quebradas.Como usar: Caso o lugar onde a pena está tenha muito sangue, coloque umas pitadas de pó e aperte bem de levinho, pode esfregar um pouco para que enter embaixo das penas. Caso contrário, pode ser difícil encontrar a pena quebrada no meio do sangue.Espere alguns segundos e limpe o lugar com um algocão úmido com soro fisiológico para procurar a pena quebrada.Use o pó hemostático também depois de arrancar a pena. Mesmo quando se arranca o canhão inteirinho, há um pouco de sangue onde a raiz da pena estava."Como arrancar:1) Encontre a pena quebradaPrimeiro procure quem está com a asa machucada, se você tiver mais de uma calopsita. Segure-a firme mas sem apertar e abra a asa dela gentilmente, na direção normal de abertura dela. Nunca abra a asa da sua calopsita puxando ela para trás; sempre abra a asa de lado, paralelo ao corpo dela.Depois de achar a asa quebrada:Você vai precicar de um ajudante nessa tarefa; não adianta fazer sozinho, simplesmente porque não há como segurar a calopsita e arrancar a pena.Peça para seu ajudante segurar o pássaro de frente para você, com a barriga virada na sua direção e a cabeça para cima. A pessoa deve abrir a asa com sangue, onde estará a pena quebrada. Tenha certeza de que a pessoa está segurando o passarinho e a asa formes, sem forçar nada, senão eles podem se mexer enquanto você arranca e pode machuca-la mais ainda.Puxe as peninhas menores para os lados para encontrar a pena quebrada. ela vai estar com uma marca vermelho vivo no canhão, às vezes com arranhões pequenos.2) Segure firme com o alicateSegure a pena com o alicate, posicionando o bico do alicate acima da fratura do canhão. Nunca coloque o alicate embaixo do lugar com sangue, ou você pode quebrar a pena mais ainda e provocar um sangramento ainda pior.Essa foto é de algumas penas que caíram da asa do Nenê na noite de natal. Elas caíram inteiras, algumas outras quebraram e tivemos que arrancar. Estas três penas eram paralelas, todas da mesma asa e do mesmo lugar. Sempre guardei algumas penas das mudas dos nossos passarinhos; usei estas para mostrar como segurar a pena:3) Arranque a pena Deve-se puxar a pena na direção do crecsimento dela, como no desenho acima. Nunca puxe a pena para cima ou para os lados; sempre puxe para baixo. Segure firme com o alicate no canhão da pena e puxe de uma vez, bem rápido. Que nem puxar cera de depiação, hehe.Se você puxar devagar o canhão pode romper, e se puxar na direção errada, só vai machucar a pele da asa.Depois de arrancar, coloque algumas pitadinhas de hemostático no lugar em que a pena estava, e esfregue de leve para que o pó entre embaixo das penas. Assim o lugar da raiz do canhão não irá sangrar.Devolva sua calopsita na gaiola e aguarde alguns minutos, para ter certeza que ela está bem. Ele/Ela vai estar bem irritado, por causa do stress de arrancar as penas. Depois provavelmente vai se coçar um pouco e ajeitar as penas, e depois vai continuar o que estava fazendo.Bem acho que é isso, se esqueci de algo ou errei alguma coisa por favor me digam que arrumarei! Qualquer dúvida é só perguntar espero ter ajudado. Texto original da @Eollica, que gentilmente escreveu o guia e fez os desenhos.
  50. 2 points
    Em que aspectos a genética ajuda na criação?Os criadores de Calopsitas e/ou Psitacídeos de forma geral, dominando esta ciência, poderão melhor entender o que acontece em seus criadouros e optarem, com maior êxito, na seleção de matrizes objetivando avanços na produtividade e principalmente, na elevação do padrão técnico dos pássaros. Enfim a genética nos auxilia até na sexagem das aves. Definição:Genética é o ramo da Biologia que estuda a transmissão das características físicas e biológicas de uma geração para a seguinte, sendo considerada a ciência da hereditariedade. Essas características são armazenadas em estruturas especiais denominadas genes.Alguns termos utilizados frequentemente em genética:ZIGOTO: É a célula formada da união do gameta masculino (espermatozóide) e feminino (óvulo) que dará origem ao novo filhote.GENÓTIPO: É o conjunto de genes que definem a formação de todas as características do indivíduo. É o seu patrimônio genético.FENÓTIPO: É a aparência externa do pássaro. O Fenótipo depende dos genes que o pássaro possua em seu genótipo, mas também de uma série de outros elementos como: alimentação, ambiente, luz solar, etc.GENE: Elemento do cromossomo que condiciona a transmissão e a manifestação dos caracteres hereditários. A Transmissão Genética: A reprodução dos psitacídeos é sexuada, sendo o casal (pai e mãe) responsável pelas características do seu filho. É no ato da fecundação do óvulo pelo espermatozóide, que o zigoto se forma e recebe todas as informações dos pais que, em conjunto, definirão o Genótipo e a base do Fenótipo do pássaro a ser formado. As Mutações: Cinza ou Normal (Normal Grey): Essa é variedade selvagem original, que se encontra na natureza, com o corpo cinza e a bordas das asas brancas. Os machos tem a crista e a cabeça amarela, a fêmea é cinza amarelado com a cabeça cinza. Ambos têm na cara manchas arredondadas na cor vermelha, sendo que as fêmeas tem o tom de vermelho mais suave. A cauda do macho é totalmente negra, já na fêmea intercala negro com amarelo na parte de baixo. Em ambos os sexos, os olhos são marrons e o bico cinza escuro, pernas e pés, cinza escuro. (http://www.clubedascalopsitas.com.br)Foi a beleza de suas cores suaves que despertou no Homem o desejo de tentar reproduzi-lo em cativeiro, onde ocorram, aleatoriamente, inúmeras Mutações, isto é, modificações genéticas, que foram percebidas e fixadas pelo homem... Esta fixação no patrimônio genético da espécie, foi obtida através de cruzamentos entre pais e filhos, permitindo as variações belíssimas de cores e raças que hoje existem.Para melhor se informar mais sobre as mutações: http://www.clubedasc...+calopsitas.phpA mutação ocorre quando existe alteração em um dos genes, modificando algumas características esperadas nos filhotes. Quando ocorre uma mutação o gene passa a existir de duas formas distintas: -forma original (características já existentes)-forma mutante (nova característica)Exemplo 1:De um casal de Selvagens (Cinza ou Normal) nasceram filhotes Selvagens e Canelas. Observa-se que alguns filhotes possuem a característica esperada, ou seja, a cor Cinza. Os filhotes Canelas nasceram com características modificada, ou seja, a cor Canela, que, portanto, é uma mutação.Algumas informações para cores estão ligadas à informação do sexo que os pais transmitem ao filhote que neste caso, são chamadas de cores sexo-ligadas. Porém, outras estão livres da informação sexual, sendo elas Dominantes e Recessivas. Conhecendo Melhor os Tipos de Mutações:Enfocarei aqui a ciência de uma forma prática, sem me ater à complexidade das fórmulas genéticas e às análises mitológicas, que se fariam necessárias para maior aprofundamento no assunto. As Mutações Sexo-ligadas:Existem várias mutações de cores que se encontram ligadas à informação sexual, são elas: Lutino, Canela, Pérola, Cara Amarela...Nas mutações sexo-ligadas, quando os exemplares machos possuem certa mutação em seu patrimônio genético, podem se comportar de dois modos distintos:1-mostrando a mutação em seu fenótipo: neste caso são mutantes.2-não mostrando a mutação em seu fenótipo: neste caso são chamados de portadores.No primeiro caso, eles são chamados Homozigotos, possuem uma única informação genética. No segundo caso, eles são ditos Heterozigotos, pois possuem duas informações: uma original que prevalece no fenótipo e a outra mutante que fica escondida no genótipo.Atenção: As fêmeas deste grupo só podem apresentar a mutação em seu fenótipo, não podendo ser portadoras de qualquer destas mutações. São chamadas, por isto, de Hemizigotas, pois só recebem informações para cores sexo-ligadas fornecidas pelo pai. Estes termos utilizados acima podem ser melhor entendidos, lembrando o significado dos prefixos gregos usados para formulá-las:-Homo = igual;-Hétero = diferente;-Hemi = metade.No exemplo 1 anteriormente citado, o Macho Cinza Silvestre seria Homozigoto (não portanto nenhuma cor) se tivessem nascido somente filhotes Cinzas e/ou Silvestre. Porém, como nasceram filhotes Canelas, ele é dito Heterozigoto (portador de outra cor), ou seja, é um Cinza Silvestre portador de Canela.Quando uma cor se manifesta no Fenótipo “escondendo” o efeito de outra cor, ela é dita Dominante. A cor que ficou escondida é dita Recessiva (ou seja, dominada). Concluo que, para uma cor recessiva aparecer no fenótipo das aves, existe a necessidade desta estar em dose dupla no genótipo (informação fornecida pelo Pai e pela Mãe), porque se assim não for, ela ficará escondida pela cor dominante que estiver presente.Atenção: Todas as mutações sexo-ligadas são recessivas.Ainda em relação ao exemplo 1, podemos afirmar que os filhotes Canelas que nasceram são fêmeas, pois para que nascessem Machos Canelas, seria obrigatório que a reprodutora fosse Canela. Isto ocorre porque, quando a mutação é sexo-ligada, para que nasçam filhotes machos com fenótipo mutante, é obrigatório que esta informação genética seja transmitida pelo pai e pela mãe.Obs: Qualquer mutação recessiva sempre se comporta do mesmo modo, descrito acima. As Mutações Recessivas:A mutação é dita recessiva quando se faz necessário que ambos os progenitores sejam ou portem mutação recessiva, para que possam obter filhote da mesma mutação. Isso acontece porque a cor selvagem é sempre dominante em relação à mutação recessiva. São exemplos de mutações recessivas: Arlequim, Cara Branca, Fulvo, Pastel, Esmeralda, Prata Recessivo...A diferença chave entre a Recessiva e Sexo ligado, é que na sexo ligada basta você ter um exemplar macho para tirar filhotes fêmeas iguais ao pai e apenas os machos escondem / portam mutações, já nas mutações recessivas tanto macho quanto fêmeas portam/escondem mutações.Vamos ao exemplo? Exemplo 2: De um determinado casal MACHO INDEFINIDO x FÊMEA LUTINO, tivemos a seguinte ninhada: Filhote 1: Cinza SilvestreFilhote 2: LutinoFilhote 3: Arlequim CinzaCom Base que no que já foi dito ate aqui poderíamos tirar algumas informações sobre esse casal, vamos lá? 1° Como saiu filhotes Cinzas obrigatoriamente o macho tem que ser Cinza2° Opa, saiu um filhote Lutino e lutino é uma mutação sexo ligada, portanto o macho obrigatoriamente tem que PORTAR ou SER LUTINO, como tivemos filhotes Cinzas, obrigatoriamente esse macho em questão ESCONDE/PORTA a mutação3° NOSSA e agora saiu um Arlequim Cinza, como vimos se nasceu um filhote Arlequim obrigatoriamente o Macho ou PORTA Arlequim ou é Arlequim e que a Fêmea também tem que PORTAR Arlequim já que a mesma é LutinoResumindo, apenas com os filhotes desse casal chegamos a conclusão que:Obs: Lê-se / Portador deMacho: Cinza / Lutino e Arlequim ou Arlequim Cinza / LutinoFêmea: Lutino / Arlequim OBS: Para você ter um exemplar RECESSIVO através de cruzamentos na pior das hipóteses o macho tem que portar a mutação e fêmea também. As Mutações Dominantes:As mutações dominantes são aquelas que, quando cruzadas com animais standards, produzem descendentes na proporção de 50% standards e 50% mutantes. Ou seja, já na primeira geração nascem filhotes da mesma mutação de um de seus pais. Lê-se Standards para outras mutações seja ela recessiva ou sexo-ligada. São elas: Cinza Silvestre, Prata Dominante, Bochecha Amarela DominanteObs I: Uma calopsita nunca será portadora de uma mutação dominante, isto é, sua mutação é visível ou não. Obs II: Aves Dominantes podem PORTAR mutações Sexo-Ligadas e RecessivasExemplo3:Um casal - Macho Prata Dominante e Fêmea Silvestre tiveram 4 filhotes são eles:Filhote 1: Cinza SilvestreFilhote 2: Arlequim SilvestreFilhote 3: LutinoFilhote 4: Prata DominanteCom Base que no que já foi dito ate aqui poderíamos tirar algumas informações sobre esse casal, vamos lá? 1° Tivemos Filhotes Arlequim no cruzamento de dois dominantes e como já vimos para termos um recessivo no mínimo ambos os pais tem que portar a mutação, então tanto o macho como a fêmea PORTAM a mutação Arlequim2° Tivemos um filhote lutino, podemos afirmar que esse filhote é uma fêmea e que o pai PORTA a mutação lutino tendo em vista que é uma mutação sexo-ligada e na mesma fêmeas não portamEntão temos:Macho Prata Dominante / Lutino e ArlequimFêmea Silvestre / ArlequimAproveitando o mesmo exemplo 3 seria possível desse casal nascer APENAS Filhotes Cinzas Silvestres? Sim seria possível! Na genética a probabilidade incide sobre cada OVO, esse exemplo 3 as possibilidades desconhecendo o que cada ave PORTA seria:50% de chances de Filhotes Pratas Dominantes50% de chances de Filhotes Cinzas SilvestresSeria para a natureza como se a cada vez que a fêmea colocasse um OVO um dado contendo os números 1 e 2 fossem lançados, onde o 1 seria para que o ovo carregasse a mutação Prata Dominante e 2 a mutação Cinza Silvestre. Se jogarmos um dado de dois números quatro vezes existe uma probabilidade baixa de o mesmo numero se repetir por quatro vezes seguidas, assim funciona a genética.Assim encerro essa primeira parte sobre genética, volto em breve com noções de probabilidades de cruzamentos.Abraços.Marcus Maia.
This leaderboard is set to Sao Paulo/GMT-03:00