Débora Sardeli

Calopsita regurgitando!

Recommended Posts

Débora Sardeli
Posted (edited)

Boa noite. Temos uma calopsita da cor canela, chamado Bicuço. Minha filha ganhou de aniversário do tio, ele chegou para nós com 40 dias, mal tinha penas. Ainda mamando. Cuidamos com todo amor e carinho, é um filho para nós. Criamos ele solto pela casa, ele vive com nosso Lhasa Apso de 4 anos, vivem super bem, por ele ter vindo bem bebê, a adaptação foi um sucesso. Hoje o Bicuço tem 1 ano e 4 meses. A algumas semanas atrás notamos que ele ficava balançando a cabeça, como se estivesse dançando. Após uns dias, notamos uma secreção próxima a casinha dele. Foi ai que começamos a achar que ele estava com alguma enfermidade. A dieta dele é a base de sementes, ele não come frutas, ovo, legumes e folhagens, a única coisa que ele aceita é o milho. Semana passada, chamamos uma veterinária de silvestres, que o atendeu em casa, ele estava bem, comendo, tomando água, cantando, normal, mas estava fazendo o movimento com a cabeça. Expliquei tudo a ela, ela receitou um remédio para o estômago apenas. Duas vezes ao dia e orientou para fazer a transição para a ração extrusada. Após ele começar a tomar esse remédio, ele parou de comer, de tomar água e só dormia. e começou a nausear demais e direto. Entramos em contato com ela, ela receitou um outro remédio para a ânsia e um antibiótico. Ele vomitava toda vez que tomava o remédio, não comia mais nada, estava totalmente abatido. As vezes estavam pretas, como se fosse sangue. Não havia mais urato. No sábado tentamos contato com ela a noite, ela não respondeu mais minhas msgs. Ficamos desesperados. Não encontrávamos nenhum VET para leva-lo. Falamos com o tio que deu ele para nós, e ele ligou para o criador. Achamos que ele não passaria daquela noite. Ele indicou dar a nistatina, duas vezes ao dia, e um suplemento vitamínico. A noite mesmo fui buscar, demos e começamos a dar soro na seringa para mantê-lo vivo. Ficamos a madrugada com ele. No dia seguinte ele estava abatido, mas melhor, entramos com a papinha, continuamos o soro com a adição da vitamina e continuamos com o antibiótico tbm. Ele ainda tinha ânsia, vomitou algumas vezes, mas com menor frequência, conseguiu tomar água e hoje voltou a comer as sementes. Ele melhorou uns 60%, voltou a cantar, a ir nos chamar e ir atrás de nós. As fezes voltaram ao tom marrom claro e com urato. A VET disse que se fosse viral não tinha cura. E que se fosse bactéria, aquele era o melhor tratamento. Ela não cogitou a possibilidade de ser a megabacteriose. Estamos esperançosos, que ele vai se recuperar. Alguém já passou por isso? Como foi o tratamento? Foi longo? O pássaro se recuperou 100%?

Edited by Débora Sardeli

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gabs Sant
Em 10/05/2021 at 23:00, Débora Sardeli disse:

Boa noite. Temos uma calopsita da cor canela, chamado Bicuço. Minha filha ganhou de aniversário do tio, ele chegou para nós com 40 dias, mal tinha penas. Ainda mamando. Cuidamos com todo amor e carinho, é um filho para nós. Criamos ele solto pela casa, ele vive com nosso Lhasa Apso de 4 anos, vivem super bem, por ele ter vindo bem bebê, a adaptação foi um sucesso. Hoje o Bicuço tem 1 ano e 4 meses. A algumas semanas atrás notamos que ele ficava balançando a cabeça, como se estivesse dançando. Após uns dias, notamos uma secreção próxima a casinha dele. Foi ai que começamos a achar que ele estava com alguma enfermidade. A dieta dele é a base de sementes, ele não come frutas, ovo, legumes e folhagens, a única coisa que ele aceita é o milho. Semana passada, chamamos uma veterinária de silvestres, que o atendeu em casa, ele estava bem, comendo, tomando água, cantando, normal, mas estava fazendo o movimento com a cabeça. Expliquei tudo a ela, ela receitou um remédio para o estômago apenas. Duas vezes ao dia e orientou para fazer a transição para a ração extrusada. Após ele começar a tomar esse remédio, ele parou de comer, de tomar água e só dormia. e começou a nausear demais e direto. Entramos em contato com ela, ela receitou um outro remédio para a ânsia e um antibiótico. Ele vomitava toda vez que tomava o remédio, não comia mais nada, estava totalmente abatido. As vezes estavam pretas, como se fosse sangue. Não havia mais urato. No sábado tentamos contato com ela a noite, ela não respondeu mais minhas msgs. Ficamos desesperados. Não encontrávamos nenhum VET para leva-lo. Falamos com o tio que deu ele para nós, e ele ligou para o criador. Achamos que ele não passaria daquela noite. Ele indicou dar a nistatina, duas vezes ao dia, e um suplemento vitamínico. A noite mesmo fui buscar, demos e começamos a dar soro na seringa para mantê-lo vivo. Ficamos a madrugada com ele. No dia seguinte ele estava abatido, mas melhor, entramos com a papinha, continuamos o soro com a adição da vitamina e continuamos com o antibiótico tbm. Ele ainda tinha ânsia, vomitou algumas vezes, mas com menor frequência, conseguiu tomar água e hoje voltou a comer as sementes. Ele melhorou uns 60%, voltou a cantar, a ir nos chamar e ir atrás de nós. As fezes voltaram ao tom marrom claro e com urato. A VET disse que se fosse viral não tinha cura. E que se fosse bactéria, aquele era o melhor tratamento. Ela não cogitou a possibilidade de ser a megabacteriose. Estamos esperançosos, que ele vai se recuperar. Alguém já passou por isso? Como foi o tratamento? Foi longo? O pássaro se recuperou 100%?

Às vezes nem todo veterinário é muito bom, esse remédio que ela passou pode ter piorado ele. Se puder faça um exame de saúde, tem alguns sites que você faz esse teste mandando as fezes para o laboratório, a Ampligen é um site muito bom. A nistatina pode ajudar mas não vai eliminar a doença. 

A alimentação dele é bem pobre, só as sementes não é indicado. Se puder compre ração extrusada e faça a transição até que pelo menos metade da alimentação dele seja a ração, ela é mais completa. Não precisa eliminar as sementes, é um alimento que elas gostam e não faz muito mal. Ofereça alguns legumes, verduras e frutas também. Eles geralmente gostam muito de couve, ovo cozido e jiló, pelo menos os meus aqui amam. Coloque ele no sol toda a manhã também por uns 15 minutos, faz muito bem a eles. Como ele ainda não está 100% mantenha ele aquecido e longe de ventos. 

As sementes que você oferece é a granel ou de saco fechado? Aqui eu oferecia a granel que compramos o quilo, até que um dia minhas aves passaram mau e uma morreu, desde então só compro de saco fechado e sempre recomendo essas. Extrusada também tem que ser em embalagem fechada, aqui eu ofereço a da Alcon que vem em uma garrafa, foi a mais barata que achei mas você pode comprar a melhor pra você e a que sua ave gostar mais. 

Aconselho que enquanto ele está "bem" você procurar outro veterinário, nem que seja em outra cidade ou pelo menos o número de um. Boa sorte! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Débora Sardeli

Boa noite. Tudo bem? Então, ela é uma veterinária renomada aqui na cidade, foi indicada por dois veterinários de confiança, mas pelo visto ela só se preocupou com o dinheiro. Já estamos em contato com uma outra VET, vamos levar ele lá assim que ela disponibilizar o horário. E realmente o antibiótico estava piorando a situação dele. Interrompemos ele. A alimentação dele é pobre, mas não é por falta de oferecer, ele realmente não come nada de legumes, verduras ou frutas, apenas o milho. A primeira VET orientou fazer a transição para a extrusada, comprei no mesmo dia que ela veio aqui. Ele não aceitou e foi ai que ele parou completamente de comer as sementes. Agora compramos uma pela internet da marca Megazoo, que pelo que pesquisei tem melhor aceitação. Estamos colando o mix de sementes, a extrusada e alpiste. Agora que não está bem, nem o milho ele tem aceitado mais. O mix de sementes é de embalagem fechada, da marca Reino das aves. A VET nem mencionou a possibilidade de fazer um exame, ela foi bem incompetente mesmo. Eu não sabia que nós mesmos podíamos enviar a amostra para o exame. Vamos fazer com certeza. Muito obrigada pela informação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gabs Sant
3 horas atrás, Débora Sardeli disse:

Boa noite. Tudo bem? Então, ela é uma veterinária renomada aqui na cidade, foi indicada por dois veterinários de confiança, mas pelo visto ela só se preocupou com o dinheiro. Já estamos em contato com uma outra VET, vamos levar ele lá assim que ela disponibilizar o horário. E realmente o antibiótico estava piorando a situação dele. Interrompemos ele. A alimentação dele é pobre, mas não é por falta de oferecer, ele realmente não come nada de legumes, verduras ou frutas, apenas o milho. A primeira VET orientou fazer a transição para a extrusada, comprei no mesmo dia que ela veio aqui. Ele não aceitou e foi ai que ele parou completamente de comer as sementes. Agora compramos uma pela internet da marca Megazoo, que pelo que pesquisei tem melhor aceitação. Estamos colando o mix de sementes, a extrusada e alpiste. Agora que não está bem, nem o milho ele tem aceitado mais. O mix de sementes é de embalagem fechada, da marca Reino das aves. A VET nem mencionou a possibilidade de fazer um exame, ela foi bem incompetente mesmo. Eu não sabia que nós mesmos podíamos enviar a amostra para o exame. Vamos fazer com certeza. Muito obrigada pela informação.

Isso é realmente horrível, sinto muito por você ter passado por isso. Na minha opinião não tem como dar um antibiótico forte desses para a ave sem nem fazer um exame para saber se é realmente isso. Fico feliz que ele já já vai receber mais atenção e acredito que logo logo estará saudável. 

Espere ele melhorar para fazer a transição com a extrusada, nesse momento ele precisa comer bem. Aqui em casa os meus não aceitaram muito mas continuo insistindo. Eu colocava umas 5 colheres de sementes, passei a dar 4 de sementes e 1 de extrusada, isso até ver que comeram um pouco da extrusada. Agora que já comem um pouco eu dou 3 colheres de sementes e 2 de extrusada. Vou fazer isso até eles estarem comendo bem, ai passo para metade metade ou 3 colheres de extrusada e o resto de sementes. É complicada essa transição e as aves geralmente perdem peso, por isso tome cuidado. Mas sim, a Megazoo tem mais aceitação, infelizmente não achei vendendo aqui e achei cara, comprei a da Alcon. 

Tem alguns truques na internet para fazer sua ave comer alimentos naturais, um dos truques é na parte da manhã quando sentem mais fome você deixar 1 ou 2 horas só com o alimento natural que você quer que ele coma. Com a fome e curiosidade ele pode acabar comendo um pedaço e descobrindo que gosta, depois você coloca a alimentação normal para ele. Comece com coisas verdes como couve, eles geralmente amam. 

Evite dar milho agora, não sei se faz bem oferecer agora pra ele que teve problema de vômito. 

Boa sorte com ele, tenho certeza que logo estará muito melhor que antes! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Débora Sardeli

Olá, tudo bem? Obrigada pelas palavras.

Levamos ele hoje cedo na clínica. Fizeram raio-x e o exame das fezes. Ele não está com nenhuma bactéria no estômago, está com pneumonia. Desenvolveu intoxicação medicantosa no fígado devido a tanto remédio. E está com partículas de metais no estômago, que pode ter sido do brinquedo que havia na casinha, que era pendurado pela argola de metal. Agora está internado, se alimentando por sonda. Fará inalação tbm. Quando vier para casa continuaremos fazendo a inalação, e o tratamento será iniciado na clínica. Ele comeu um pouco de sementes lá. Já estava começando a ter a síndrome do peito seco, ele pesava 85 gramas, agora está com 70. Estamos rezando muito para que ele aguente esse novo tratamento. 🙏🏻

Assim que tudo isso passar, vamos seguir essa dica de ofertar os alimentos pela manhã e inciar a transição da ração extrusada. Muito obrigada! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gabs Sant
23 horas atrás, Débora Sardeli disse:

Olá, tudo bem? Obrigada pelas palavras.

Levamos ele hoje cedo na clínica. Fizeram raio-x e o exame das fezes. Ele não está com nenhuma bactéria no estômago, está com pneumonia. Desenvolveu intoxicação medicantosa no fígado devido a tanto remédio. E está com partículas de metais no estômago, que pode ter sido do brinquedo que havia na casinha, que era pendurado pela argola de metal. Agora está internado, se alimentando por sonda. Fará inalação tbm. Quando vier para casa continuaremos fazendo a inalação, e o tratamento será iniciado na clínica. Ele comeu um pouco de sementes lá. Já estava começando a ter a síndrome do peito seco, ele pesava 85 gramas, agora está com 70. Estamos rezando muito para que ele aguente esse novo tratamento. 🙏🏻

Assim que tudo isso passar, vamos seguir essa dica de ofertar os alimentos pela manhã e inciar a transição da ração extrusada. Muito obrigada! 

Nossa! Sinto muito. 

Tenho fé de que logo ele estará muito bem e em casa com a família. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Débora Sardeli

Bom dia! Nosso Bicuço saiu ontem do hospital. Está 80% recuperado. Comendo bem, tomando água, assoviando e esperto. Continuaremos com a inalação, vitaminas, antibióticos, anti-inflamatório e remédio para o fígado. Ele vai se recuperar. 🙏🏻😊

Muito obrigada! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Artur costa
Posted (edited)

Gente eu não sei oque minha calopsita tem ela tem as penas muito feias e eu não consigo limpar ela,eu tento passar água,já tentei ater da banho nela mas ela tem as panas muito feias é o cheiro dela não é muito agradável e quando eu chego perto para dar a papinha ela faz um som estranho como se fosse roco e as vezes recusa q papinha ela tem 55 dias hoje

Edited by Artur costa

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gabs Sant
18 horas atrás, Artur costa disse:

Gente eu não sei oque minha calopsita tem ela tem as penas muito feias e eu não consigo limpar ela,eu tento passar água,já tentei ater da banho nela mas ela tem as panas muito feias é o cheiro dela não é muito agradável e quando eu chego perto para dar a papinha ela faz um som estranho como se fosse roco e as vezes recusa q papinha ela tem 55 dias hoje

Poste uma foto dela. 

Nessa idade você já pode oferecer alimentos sólidos e diminuir a quantidade da papa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Débora Sardeli

Precisa ficar atento a fungos nas penas. E a friagem. Se está fazendo barulho a respiração, seria bom consultar um VET. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.