Jump to content

Portadores de lutino, albino


elenilson
Go to solution Solved by dandaerafa,

Recommended Posts

olá pessoal tenho uma calopsita sexo macho, DNA comprovado, olhos vermelhos e careca lutino amarelo quase branco, e estou colocando para acasalar com uma arlequim perola.

quais seriam as possibilidades de filhotes??? se ele o macho portar cb seria possivel??

pois as femeas sei que não pode portar nada, ou ela é ou não é.

Link to comment
Share on other sites

  • Solution

Macho lutino/CB e fêmea arlequim pérola

Sairão filhotes

Macho cinza podendo portar CB, arlequim, perola ou lutino

E fêmeas lutino ou cinza portadoportadoras do arlequ ou CB.

 

Fêmea não portam sexo ligado que são: pérola, canela, lutino etc

As outras mutações podem portar sim.

Link to comment
Share on other sites

Bom dia! 

Gente queria a opinião de vocês, minhas calopsitas tiveram um filhotinho com olhos vermelhos. Será que terei um filhote albino? Os pais são fêmea canela é macho cinza silvestre. Anexei uma foto, quem puder me ajudar agradeço!

Screenshot_20170122-111251.png

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Jenifer Ribeiro disse:

Bom dia! 

Gente queria a opinião de vocês, minhas calopsitas tiveram um filhotinho com olhos vermelhos. Será que terei um filhote albino? Os pais são fêmea canela é macho cinza silvestre. Anexei uma foto, quem puder me ajudar agradeço!

Screenshot_20170122-111251.png

Esse filhote é um Lutino, e é uma fêmea.

Link to comment
Share on other sites

3 minutos atrás, Jenifer Ribeiro disse:

Obrigada Vinícius Martins !!

Fiquei curiosa, como sabe que é uma fêmea? Desculpe mas é que não entendo muito ..

Se a mãe nem o paí são lutinos, o seu macho porta Lutino, já que as fêmeas não podem portar Lutino. Não sei se deu para entender, pois também não entendo muito bem de genética.

Link to comment
Share on other sites

Entendi sim! Já tinha lido alguma coisa por aqui. Muito obrigada de vdd.. Pensei que por ela ter olhos vermelhos só pudesse ser albina, as lutinas tbm podem ter esses olhinhos vermelhos?

  • Gostei 1
Link to comment
Share on other sites

1 minuto atrás, Jenifer Ribeiro disse:

Entendi sim! Já tinha lido alguma coisa por aqui. Muito obrigada de vdd.. Pensei que por ela ter olhos vermelhos só pudesse ser albina, as lutinas tbm podem ter esses olhinhos vermelhos?

As lutinas e as albinas possuem olhos vermelhos. Porém soube que ela era lutina por causa da penugem que é amarelinha, a penugem das albinas e das cbs e branca, e das demais calopsita e amarela.

Link to comment
Share on other sites

5 minutos atrás, Jenifer Ribeiro disse:

Perfeito! Muito obrigada mais uma vez, adorei a ajuda! Valeuuu

Anciosa para ela crescer logo! Um abraço!

 

Por nada, precisando estamos aí.

Poste fotos do desenvolvimento dela.

Um abraço!!

 

Link to comment
Share on other sites

tenho um macho lutino, olhos vermelhos e careca.

lutino pode ter olhos vermelhos, verdes, castanhos azuis e pretos que são portadores de arlequim.

alguem me corrija por favor se estiver errado.

Link to comment
Share on other sites

ABAIXO LHE EXPLICA MELHOR POIS EU AINDA SOU LEIGO .

 

A mutação Lutino surgiu nos EUA em 1958 no aviário do Sr. Cliff Barringer. Existe outra mutação lutino, só que autossômica recessiva, também conhecida como NSL, mas ela surgiu na Europa e ainda é rara, visto que é muito mais fácil criar lutinos sexo-ligados e o fenótipo é absolutamente igual.

 

A mutação lutino sexo-ligada é comum em psitacídeos e ocorre no locus "ino" do cromossomo sexual. Esse gene influencia fundamentalmente a produção de melanina, deixando o indivíduo praticamente sem o pigmento, afetando inclusive patas, bico, olhos e unhas.

 

Os olhos em específico nascem praticamente transparentes, sendo possível ver a coloração vermelha em toda sua íris e pupila, essa coloração advém do sangue que circula no olho. Conforme a ave vai amadurecendo e adquirindo idade, o olho vai gradualmente escurecendo. Isso é evidência que o lutinismo não inibe completamente a produção de melanina, porém, praticamente o faz.

 

Não é unanimidade entre os autores, porém a literatura norte-americana, em específico a Susanne Russo, sustenta a possibilidade de que a rara alteração na coloração dos olhos dos lutinos seja causada pelo fato da ave portar outras mutações. Ela inclusive, na sua obra Cockatiel Mutations A bounty of Color disponibiliza um diagrama bem didático sobre sua tese, o qual reproduzo aqui, lhe dando os devidos créditos pela criação intelectual e publicação do mesmo:

EYE-Lutino-ILLUS.jpg

Notas interessantes sobre o diagrama acima: Arlequins lutino permanecerão a vida toda com os olhos bem claros, os olhos não escurecem. Olhos verdes e âmbar estão ligados a lutino canela ou lutino pérola portadores de arlequim e/ou cara branca. Se for só lutino portador de arlequim e/ou cara branca, os olhos ficam azuis ou acinzentados. No caso dos albinos, isso também é válido somente se ele for portador de arlequim. Se for Arlequim Lutino CB, olhos ficam vermelhos.

 

Uma característica marcante do lutino é que, uma vez que a melanina é quase totalmente suprimida, evidencia-se a presença da psitacina em toda a plumagem da ave. Em ambos os sexos, a cabeça fica amarela intensa com uma marcante bochecha laranja (lembrando que o tamanho e a tonalidade da marcação da bochecha é hereditária por linhagem e não tem relação com sexo da ave). As fêmeas ficam amareladas a vida toda, sendo que os machos ficam com o corpo mais branco e com o passar da idade, devido ao aumento da produção de hormônio masculino, tendem a ficar ligeiramente canelados. Como no exemplo abaixo:

1484009_558200174255632_1649734469_o.jpg

Repare nesse macho de 1 ano e três meses que seus olhos já não são tão vermelhos, em comparação de quando era filhote. Créditos da imagem: Arquivo Pessoal, plantel pessoal.

 

Calopsitas Lutinos são susceptíveis à formação de uma careca. No entanto, isso não é uma característica essencial da mutação do gene, haja vista que outros psitacídeos lutinos não sofrem desse problema. A questão específica foi a baixa qualidade da seleção dos casais nos cruzamentos quando a mutação foi fixada. Essa característica acabou se espalhando junto com a mutação e hoje em dia já é relativamente comum encontrarmos lutinos que já tenham se livrado desse infortúnio.

 

Outro problema conhecido é em relação aos olhos. Como não produzem praticamente melanina, os olhos são muito sensíveis à luminosidade, seja do sol ou de lâmpadas artificiais. Lutinos geralmente enxergam mal em ambientes muito iluminados, se ofuscam mais facilmente que aves de outras mutações que não interfiram na melanina. Decorrente disso, existem alguns veterinários que sustentam que os lutinos são mais susceptíveis ao pânico noturno, pois ao voarem assustados de noite não enxergam o poleiro pra voltar e acabam se assustando ainda mais. Isso na verdade não é isoladamente ação do gene, mas também uma consequência da criação em cativeiro.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

×
×
  • Create New...