maucordini

Como minha calopsita começou comer ração.

Postagens recomendadas

maucordini

Bom dia, amigos do fórum.

Hoje faz 1 semana que minha ave está comendo só ração extrusada, foram meses difíceis de insistência, mas consegui. Pesquisei muito sobre essa mudança e tentei relatar como foi comigo, pois quando eu estava no processo de mudança, o que me ajudou muito foram os relatos que li, portanto;

Aqueles que interessarem, depois de muito estudo e pesquisa, vou dar meu relato.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________

Comprei minha calopsita em janeiro de 2018, comendo apenas sementes, mais precisamente comia apenas alpiste. Durante 1 mês e meio fiquei misturando ração com semente pra ave entender que aquilo que eu estava introduzindo pra ela, era também um alimento. Pois acredite, se você bruscamente trocar a semente pela ração a ave não vai comer por entender que aquilo não é um alimento, e pode até morrer de fome! De forma alguma faça isso!

Eu mesmo tentei fazer isso nos primeiros dias, retirei a semente com 1 semana misturando. Resultado? Minha ave ficou quase 2 dias sem comer, no fim do segundo estava fraquíssimo, encorujado. Tomei um susto tão grande que acabei botando toda a semente pra ele e pensei em desistir de mudar.

Esperei a poeira baixar um pouco, e resolvi voltar a misturar alguns dias depois. Desanimado, durante esse período de 1 mês e meio, diariamente eu jogava alguns grão de ração pelo chão pra ele ir bicando, até botava alguns grão na minha boca, na frente dele, o que gerava interesse na hora. Ele precisa entender que aquilo é um alimento e nada melhor ver alguém que ele confia, comer aquilo.

Depois de 1 mês e meio prometi a mim mesmo que não compraria mais sementes e quando o último saco acabasse, seria o dia D... O dia de ele comer só ração estava próximo. Afinal, eu já estava misturando e já via ele comer alguns grãos de ração há quase 2 meses.

Acabou a ultima semente do pacote, foi aí que o filme começou. Ele gritava, corria de um lado pro outro, se debatia, ficou em alto nível de estresse. Nem cogitava comer a ração que  estava ali. Eu, pronto pra desistir(odeio ver meu bicho sofrendo), aguentei firme, pois tinha convicção que ele sabia que era alimento. Durante todo esse dia que ele ficou sem semente, eu dediquei pra ele. Colocava ração no dedo e oferecia direto no bico dele, colocava um pouco em minha boca, fingia que estava comendo no pote dele. E acreditem, tudo isso ajudou muito.

No primeiro dia ele não comeu muito, comeu apenas nas vezes que eu ia lá oferecer pra ele. Contudo, como ele comeu algo, eu sabia que de fome ele não morreria. No segundo dia ainda acordou com fome, gritando muito, mas já arriscando dar umas beliscadas ''ferozes'' no pote.

Durante o segundo dia, ele ficava chamando minha atenção, dizendo que aquilo que tava no pote não era comida, mas como a fome falava maior, acabava tendo que comer um pouco. Ao fim do dia eu acabei indo a uma festa, quando voltei e analisei o papo dele, estava cheio de ração. Foi uma sensação ótima, eu havia lutado muito pra isso. E finalmente ele tinha comido muita ração.

A partir daí não teve mais volta, ele começou comer normalmente, acredito que aceitou a ração. E sou suspeito a falar que gosta muito mais do que as sementes, pois a ração gera saciedade e ele não fica mais comendo o dia inteiro como antes. Sem contar também no valor nutricional que supre 100% da necessidades do animal. (e a sujeira então, nem se fale)

 

Dicas que eu dou para aqueles que assim como eu, optaram pela mudança.

1 - Não remova a semente de um dia pro outro, lembre-se que quando você era criança você preferia passar fome do que comer algo que você não gostava. Com a ave não é diferente.

2 - Durante o período que você está misturando, incentive ele com a ração diariamente. Jogue ração no chão, coloque um pouco em seus lábios e ofereça pra ele(vale tudo pra quem quer), se precisar até coloque alguns grãos na boca. (só evitem contato da sua saliva com a ave, pois nossa boca é repleta de bactérias nocivas, porém moderadamente não vai matar a ave)

3 - Respeite o tempo do animal. Aves não são robôs, são animais. Não existe uma regra pra todos os animais, existe métodos que funcionam em maior parte. Seu animal pode não se enquadrar nesse relato.

4 - Conheça seu animal. Saiba quais são os limites dele, saiba quando você está estressando ele, saiba quando ele grita de fome ou de manha.

5 - Marque o dia da retirada. Após todo o período de adaptação é preciso remover a semente de uma vez. Se você continuar misturando pra sempre, ele vai escolher só a semente. Tenha coragem! Se você fez um bom trabalho, ele irá comer.

- Escolha uma ração mais fácil de adaptação. Eu aconselho a Megazoo PM-13. Não vende aqui na minha região, eu acabei comprando online. O cheiro dela é muito bom, os grãos são pequenos, creio que minha ave goste muito.

7- Ofereça outro tipo de alimento pra ele desviar um pouco o foco só das sementes e ração. Eu dei couve, brocolis, rúcula.

Esse é meu relato. Tentei frisar todos os pontos que eu procurava quando eu estava no processo de mudança e reuni pra vocês. Qualquer dúvida, estou a disposição.

Espero que gostem!

Um forte abraço.

Segue um GIF do protagonista deste relato. hehe

6dd6c5ff418b1e28f924933d3d55592f.gif.4d296bc8fd11579225c4a652b9ec1f40.gif

 

Editado por maucordini
  • Gostei 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Rogério M.

Meus parabéns!!! Esse tópico deveria ser fixado te tão perfeito que está hahaha.

Minha saga foi parecida com a sua e tenho as mesmas conclusões.

Para alguns que pensam que a ração é muito mais cara eu digo o seguinte: não é tão mais cara quanto parece.

Eu comprava um pacote de 500g de sementes. Disso, 150g era de casca, 100g de sementes que ele não comia e 50g de desperdício.

Com a ração extruzada o desperdício chega perto de zero. Não tem perda com casca. Eles comem todos pacote. 

Pensando assim não fica tão mais cara que a extruzada. Vale muito a pena.

  • Gostei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
maucordini
3 horas atrás, Rogério M. disse:

Meus parabéns!!! Esse tópico deveria ser fixado te tão perfeito que está hahaha.

Minha saga foi parecida com a sua e tenho as mesmas conclusões.

Para alguns que pensam que a ração é muito mais cara eu digo o seguinte: não é tão mais cara quanto parece.

Eu comprava um pacote de 500g de sementes. Disso, 150g era de casca, 100g de sementes que ele não comia e 50g de desperdício.

Com a ração extruzada o desperdício chega perto de zero. Não tem perda com casca. Eles comem todos pacote. 

Pensando assim não fica tão mais cara que a extruzada. Vale muito a pena.

É muito gratificante ler isso, agradeço muito a sua gentileza. Só quem fez essa mudança sabe como é difícil e tao satisfatório ao mesmo tempo, né? kkkk.

No mais, eu realizei as mesmas contas que você. Eu estava pagando em media 7 reais em um saco de sementes, que não é completo para a ave e deveria ser complementado. Sem contar o saco de ter que ficar assoprando e varrendo a casca todo santo dia. Agora pago 15 reais em um alimento que dura muito, é completo, não suja, não engorda e não tem contra indicações. Vale muito a pena mesmo!

  • Gostei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Apolo e lailo

Eu bani as sementes já faz muito tempo aqui e só extrusada alcon clube periquitos argaponis calopsita pagava em media na internete com o frete 15.50 na garrafinha de 310 gramas agora compro o saco de 6 kilos no mercado livre  frete gratis sai 116.00 reais sai 6 reais a quantidafe da garrafinha 310 gramas a megazoo pm13 as minhas não gostaram muito não ainda dou couve .brocolis. rucula os que nasceram quando aprenderam a comer sozinho direto na ração tinha parado de dar osso de siba más no periodo de postura elas ficam querendo comer a parede sei que já tem calcio na ração más voltei a dar para pararem de comer a parede no periodo da postura elas sentem muita falta de calcio....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Christina

Geeeeente! Minha calopsita comia ração extrusada (ele saiu da papinha comendo sementes - mais painço, na verdade - mas por um período comia a ração) e hoje ele não quer mais saber, rejeita a ração extrusada e fica horas fazendo greve de fome. Não sei mais o que fazer porque acabo cedendo e colocando as sementes pra ele comer. Eu tento compensar dando sempre verduras, legumes e frutas pra ele, a minha sorte é que ele gosta de bastante coisa, mas ainda quero fazer ele voltar a comer a ração. Antes ele comia super bem logo pela manhã, hoje em dia bica dois grãos e não quer mais. Tá difícil. Parabéns aos que conseguem, isso é pior do que fazer o ''desmame''.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
maucordini
20 horas atrás, Christina disse:

Geeeeente! Minha calopsita comia ração extrusada (ele saiu da papinha comendo sementes - mais painço, na verdade - mas por um período comia a ração) e hoje ele não quer mais saber, rejeita a ração extrusada e fica horas fazendo greve de fome. Não sei mais o que fazer porque acabo cedendo e colocando as sementes pra ele comer. Eu tento compensar dando sempre verduras, legumes e frutas pra ele, a minha sorte é que ele gosta de bastante coisa, mas ainda quero fazer ele voltar a comer a ração. Antes ele comia super bem logo pela manhã, hoje em dia bica dois grãos e não quer mais. Tá difícil. Parabéns aos que conseguem, isso é pior do que fazer o ''desmame''.

Oi Christina, tudo bem?

Esse seu caso é bem comum, li diversos relatos de calopsitas que comiam só ração por anos, muitos nem conheciam sementes, e quando o dono, pra fazer um "agrado", oferecia sementes, eles não queriam mais saber da ração.

Primeiro você precisa entender que calopsita, assim como cachorro, gato, são animais que vivem através de condicionamento e vontade própria. Por exemplo, se seu cachorro come só ração e você começa oferecer carne pra ele, a longo prazo ele vai associar que se ele não comer ração, ele vai ganhar carne. Não é bem comum você ir a casa de uma pessoa e ouvir: "não de comida pro cão porque depois ele não come ração"? E isso é verdade.

O que acontece é que sua ave, assim como todas, prefere muito mais o gosto de uma semente à uma ração industrializada. E como você sempre "cede" a noite e acaba dando a semente, você tá caindo certinho no jogo dele. Acredite, ele tem plena convicção de que se não comer a ração ele vai ter a semente ao fim do dia, pois você condicionou ele a isso.

A minha dica é: você relatou que ele já se alimentava da ração no passado, portanto aquilo não é novidade pra ele, ele sabe que é comida, mas ele não come pq a semente sempre vem no fim do dia. Você precisa ter coragem e abandonar a semente de vez, no primeiro dia ofereça em sua mão, incentive a comer, mostre mais alimentos pra ele(leia minha primeira postagem nesse tópico). Esqueça a semente. Com toda certeza ele vai voltar a comer.

Ficar algumas horas sem comer não é problema, eu entendo como é difícil pra gente, mas seja forte, não ceda. Ele vai ficar brabo, espernear, gritar, vai bater o bico no pote, isso tudo faz parte pra ele entender que é você que manda e não ele. Faça isso e depois conta pra gente.

Abraço.

Editado por maucordini

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
luara
Em 15/04/2018 at 11:33, maucordini disse:

Bom dia, amigos do fórum.

Hoje faz 1 semana que minha ave está comendo só ração extrusada, foram meses difíceis de insistência, mas consegui. Pesquisei muito sobre essa mudança e tentei relatar como foi comigo, pois quando eu estava no processo de mudança, o que me ajudou muito foram os relatos que li, portanto;

Aqueles que interessarem, depois de muito estudo e pesquisa, vou dar meu relato.

_____________________________________________________________________________________________________________________________________

Comprei minha calopsita em janeiro de 2018, comendo apenas sementes, mais precisamente comia apenas alpiste. Durante 1 mês e meio fiquei misturando ração com semente pra ave entender que aquilo que eu estava introduzindo pra ela, era também um alimento. Pois acredite, se você bruscamente trocar a semente pela ração a ave não vai comer por entender que aquilo não é um alimento, e pode até morrer de fome! De forma alguma faça isso!

Eu mesmo tentei fazer isso nos primeiros dias, retirei a semente com 1 semana misturando. Resultado? Minha ave ficou quase 2 dias sem comer, no fim do segundo estava fraquíssimo, encorujado. Tomei um susto tão grande que acabei botando toda a semente pra ele e pensei em desistir de mudar.

Esperei a poeira baixar um pouco, e resolvi voltar a misturar alguns dias depois. Desanimado, durante esse período de 1 mês e meio, diariamente eu jogava alguns grão de ração pelo chão pra ele ir bicando, até botava alguns grão na minha boca, na frente dele, o que gerava interesse na hora. Ele precisa entender que aquilo é um alimento e nada melhor ver alguém que ele confia, comer aquilo.

Depois de 1 mês e meio prometi a mim mesmo que não compraria mais sementes e quando o último saco acabasse, seria o dia D... O dia de ele comer só ração estava próximo. Afinal, eu já estava misturando e já via ele comer alguns grãos de ração há quase 2 meses.

Acabou a ultima semente do pacote, foi aí que o filme começou. Ele gritava, corria de um lado pro outro, se debatia, ficou em alto nível de estresse. Nem cogitava comer a ração que  estava ali. Eu, pronto pra desistir(odeio ver meu bicho sofrendo), aguentei firme, pois tinha convicção que ele sabia que era alimento. Durante todo esse dia que ele ficou sem semente, eu dediquei pra ele. Colocava ração no dedo e oferecia direto no bico dele, colocava um pouco em minha boca, fingia que estava comendo no pote dele. E acreditem, tudo isso ajudou muito.

No primeiro dia ele não comeu muito, comeu apenas nas vezes que eu ia lá oferecer pra ele. Contudo, como ele comeu algo, eu sabia que de fome ele não morreria. No segundo dia ainda acordou com fome, gritando muito, mas já arriscando dar umas beliscadas ''ferozes'' no pote.

Durante o segundo dia, ele ficava chamando minha atenção, dizendo que aquilo que tava no pote não era comida, mas como a fome falava maior, acabava tendo que comer um pouco. Ao fim do dia eu acabei indo a uma festa, quando voltei e analisei o papo dele, estava cheio de ração. Foi uma sensação ótima, eu havia lutado muito pra isso. E finalmente ele tinha comido muita ração.

A partir daí não teve mais volta, ele começou comer normalmente, acredito que aceitou a ração. E sou suspeito a falar que gosta muito mais do que as sementes, pois a ração gera saciedade e ele não fica mais comendo o dia inteiro como antes. Sem contar também no valor nutricional que supre 100% da necessidades do animal. (e a sujeira então, nem se fale)

 

Dicas que eu dou para aqueles que assim como eu, optaram pela mudança.

1 - Não remova a semente de um dia pro outro, lembre-se que quando você era criança você preferia passar fome do que comer algo que você não gostava. Com a ave não é diferente.

2 - Durante o período que você está misturando, incentive ele com a ração diariamente. Jogue ração no chão, coloque um pouco em seus lábios e ofereça pra ele(vale tudo pra quem quer), se precisar até coloque alguns grãos na boca. (só evitem contato da sua saliva com a ave, pois nossa boca é repleta de bactérias nocivas, porém moderadamente não vai matar a ave)

3 - Respeite o tempo do animal. Aves não são robôs, são animais. Não existe uma regra pra todos os animais, existe métodos que funcionam em maior parte. Seu animal pode não se enquadrar nesse relato.

4 - Conheça seu animal. Saiba quais são os limites dele, saiba quando você está estressando ele, saiba quando ele grita de fome ou de manha.

5 - Marque o dia da retirada. Após todo o período de adaptação é preciso remover a semente de uma vez. Se você continuar misturando pra sempre, ele vai escolher só a semente. Tenha coragem! Se você fez um bom trabalho, ele irá comer.

- Escolha uma ração mais fácil de adaptação. Eu aconselho a Megazoo PM-13. Não vende aqui na minha região, eu acabei comprando online. O cheiro dela é muito bom, os grãos são pequenos, creio que minha ave goste muito.

7- Ofereça outro tipo de alimento pra ele desviar um pouco o foco só das sementes e ração. Eu dei couve, brocolis, rúcula.

Esse é meu relato. Tentei frisar todos os pontos que eu procurava quando eu estava no processo de mudança e reuni pra vocês. Qualquer dúvida, estou a disposição.

Espero que gostem!

Um forte abraço.

Segue um GIF do protagonista deste relato. hehe

6dd6c5ff418b1e28f924933d3d55592f.gif.4d296bc8fd11579225c4a652b9ec1f40.gif

 

Vou seguir suas dicas, a minha calopsita tbem nao aceita de formar alguma a ração. A que comprei foi a da megazoo, mas nao quer de jeito nenhum.... 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Suzi

Parabéns,  estou na luta com a minha. No começo fiquei machucando a ração  e ela gostou muito. A ração  é  um pouco dura e ela tem dificuldades  pra quebrar e comer se não  machucar ou triturar não  come. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Myhr

Olá, fiz a troca de semente pra extrusada faz uns meses em todas as minha aves (na época, um casal de australianos, um casal de calopsitas e uma ring neck). Olha, o que eu indico é fazer a troca por etapas, acompanhando sempre o desenvolvimento do animal. Eu fiz tipo um cronograma e a cada 1 semana ou 2 eu colocava uma proporção maior de extrusada e menor de sementes. Em mais ou menos 1 mês e meio eles já estavam todos adaptados. Eu fiquei ainda um tempinho polvilhando um pouco de semente por cima do extrusado, pra estimular eles a comerem. A ring neck foi a mais fácil. Hoje eles comem qualquer extrusado que eu ponho, mas a calopsita (hoje só tenho o macho) prefere a megazoo PM 13 (eu dava Nutrópica, mas parei depois de levar um monte de extrusado na cabeça, deles tentando quebrar). A ring neck come uma calopsita ring neck e frutas. Uma ou duas vezes por semana eu ofereço um pouco de semente misturada com o extrusado. A veterinária deles diz que isso estimula a usar o bico e impede que "esqueçam que são aves". Eu também acho que no fim usar a ração é bem mais econômico e limpo, sem contar que a aparência das aves fica bem melhor. Você nota logo como as penas ficam mais brilhantes e as cores mais vivas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
maucordini
Em 30/08/2018 at 13:05, Myhr disse:

Olá, fiz a troca de semente pra extrusada faz uns meses em todas as minha aves (na época, um casal de australianos, um casal de calopsitas e uma ring neck). Olha, o que eu indico é fazer a troca por etapas, acompanhando sempre o desenvolvimento do animal. Eu fiz tipo um cronograma e a cada 1 semana ou 2 eu colocava uma proporção maior de extrusada e menor de sementes. Em mais ou menos 1 mês e meio eles já estavam todos adaptados. Eu fiquei ainda um tempinho polvilhando um pouco de semente por cima do extrusado, pra estimular eles a comerem. A ring neck foi a mais fácil. Hoje eles comem qualquer extrusado que eu ponho, mas a calopsita (hoje só tenho o macho) prefere a megazoo PM 13 (eu dava Nutrópica, mas parei depois de levar um monte de extrusado na cabeça, deles tentando quebrar). A ring neck come uma calopsita ring neck e frutas. Uma ou duas vezes por semana eu ofereço um pouco de semente misturada com o extrusado. A veterinária deles diz que isso estimula a usar o bico e impede que "esqueçam que são aves". Eu também acho que no fim usar a ração é bem mais econômico e limpo, sem contar que a aparência das aves fica bem melhor. Você nota logo como as penas ficam mais brilhantes e as cores mais vivas.

Realmente minha amiga, também notei uma grande diferença na saúde da minha ave. Quando comiam sementes, hora ou outra estavam lá encorujadas. Agora com a ração há meses que nao preciso complentar nada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora